Robinho: “Vamos jogar pelo Dunga”

robinhoblog.jpgApós a derrota do Brasil para o Paraguai, no último domingo, o técnico Dunga ouviu críticas da torcida brasileira que estava em Assunção. Mas, se depender de seu grupo, não precisa carregar a responsabilidade sozinho. Os jogadores garantem que estão ao lado do treinador, elogiam o trabalho feito até agora e tentam buscar a vitória diante da Argentina também pelo comandante. O jogo será nesta quarta-feira, no Mineirão, pelas eliminatórias para a Copa de 2010.

– Vamos jogar pelo Dunga. Mas não só por ele, também por nós e por nossa família. A pressão é normal. Ele já foi jogador da seleção e sabe como funciona. Isso só vai mudar com uma vitória. É um grande treinador, está fazendo um bom trabalho e quando o resultado positivo não vem, todo mundo sabe que é assim mesmo – explica Robinho.

Julio César acrescenta que a pressão pode até cair sobre o treinador publicamente, mas a responsabilidade é de todos na seleção. O goleiro espera que a torcida apóie o time no Mineirão.

– O Dunga hoje é a seleção brasileira. Jogadores, comissão e técnico são todos uma coisa só. Se o treinador está sendo pressionado, nós também estamos. Os gritos da torcida foram para o comandante da seleção e aconteceriam se fosse qualquer pessoa no cargo, não apenas o Dunga. A torcida vive o momento. Peço ao torcedor muito carinho, apoio e otimismo – pede o goleiro.

Kaká, que foi cortado da seleção e esteve no programa “Bem Amigos” na última segunda-feira, disse que o ambiente do grupo é bom, mas sempre tem alguém que “joga contra” dentro do próprio Brasil. Assim como os companheiros, Diego afirma que o grupo está unido com o técnico. E prefere não comentar as declarações de Kaká.

– É complicado opinar porque não sei o contexto e não vi a entrevista do Kaká – explica Diego, para depois elogiar o relacionamento do grupo com o treinador – A relação de todos é excelente. Confiamos muito no trabalho do Dunga.

Carolina Elustondo e Thiago Lavinas, Globoesporte

Foto: Nikefutebol.com

Seja o primeiro à comentar em "Robinho: “Vamos jogar pelo Dunga”"