América-RN repatria ‘matador’ maranhense

max_003_200x180.jpgLanterna do Campeonato Brasileiro com apenas três pontos, enfim, o América começa a se mexer para buscar, urgentemente, uma reação. E a torcida ganhou duas grandes novidades. Uma delas foi a apresentação do centroavante maranhense Max, que estava no Palmeiras, e já pode enfrentar o Avaí, na sétima rodada, no Machadão. A outra boa notícia  é a possibilidade do veterano e ídolo Souza estrear daqui a duas rodadas, portanto, na oitava rodada, diante do Paraná.

A chegada de Max foi festejada, afinal ele foi um dos heróis na campanha vitoriosa de 2006, quando o América garantiu sua vaga para a Série A – em 2007 foi o lanterninha e votou para a Série B.  O jogador está com fome de bola. 
 
“Vinha treinando no Palmeiras, mas sem ser aproveitado. Estou louco para jogar”, comentou o jogador, que já treinou sob o comando do técnico Carlos Moura, que lhe rasgou elogios.

“O Max é um atacante diferenciado. Não teve chances no Palmeiras, mas é jogador pra time grande. Ele será nosso referencial aqui no América”, comentou Moura.

O meia Souza fez um trabalho físico leve com voltas ao redor do gramado e pode estrear contra o Paraná, na oitava rodada. Em contrapartida, o atacante Leandro Safira, o zagueiro Fabrício e o volante Ivo deixaram o clube. O zagueiro Fabrício, o atacante Leandro Safira e o volante Ivo acertaram suas rescisões. Ivo, inclusive, já acertou seu ingresso no CRB. Safira e Fabrício pouco vinham sendo aproveitados.

Fonte: Agência Futebol Interior

Seja o primeiro à comentar em "América-RN repatria ‘matador’ maranhense"