Edmundo raspa a cabeça e anuncia: ‘Parei de jogar’

014775979-dp00.jpgA consciência de Edmundo está pesada demais após mais uma cobrança de pênalti desperdiçada na carreira e a conseqüente eliminação do Vasco na Copa do Brasil. No início da noite desta quinta-feira, o Animal apareceu em São Januário com a cabeça raspada e anunciou que não joga mais futebol.

– Eu que não devo mais estar aqui. Não agüento mais essa emoção. Estou indo lá na sala do presidente para informar a para ele. Vou antecipar a minha aposentadoria – afirmou o Animal, para em seguida dizer que raspou o cabelo por ter ficado com raiva dele mesmo.

O atacante está reunido com o presidente Eurico Miranda – que tenta demovê-lo da idéia – para informar sua decisão, que parece ser irrevogável, tamanho o seu desapontamento com a noite terrível que passou nesta quarta após o jogo contra o Sport, quando passou de herói a vilão em cerca de dez minutos.

Edmundo fez o segundo gol do time aos 46 minutos e garantiu a vitória por 2 a 0, que levou a decisão para uma vaga nas finais da Copa do Brasil às penalidades máximas. Só que, na primeira cobrança, o Animal bateu muito mal e jogou a bola por cima do travessão do goleiro Magrão. Depois disso, todos os jogadores seguintes acertaram suas cobranças, e o time pernambucano eliminou o Vasco dentro de sua casa.

Recentemente, Edmundo também foi vilão de uma eliminação do time cruzmaltino, na semifinal da Taça Guanabara, quando teve a chance de fazer o segundo gol do Vasco contra o Flamengo. Ele errou e a equipe acabou derrotada por 2 a 1. E em 2000, na decisão do Mundial de Clubes, no Maracanã,  contra o Corinthians, o Animal também isolou a penalidade e o título.

Na manhã desta quinta, o treinador Antônio Lopes já havia anunciado que Edmundo dificilmente enfrentaria o Grêmio, no fim de semana, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. A explicação era justamente o desgaste emocional do atacante.

Leia a reportagem de Márcio Iannacca do Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Edmundo raspa a cabeça e anuncia: ‘Parei de jogar’"