A vida nada fácil do Bode

edgar.jpgA derrota do MAC ontem à tarde para o Bacabal por 3 a 2, no Estádio Correão foi a segunda consecutiva do Bode no Campeonato Maranhense. O time é o lanterna do primeiro turno e terá pela frente mais dois jogos fora de casa.

O próximo adversário será o renovado e motivado Santa Quitéria que bateu o São José na estréia. Depois, o MAC enfrentará o Nacional. O time de Santa Inês deu muito trabalho a Moto e Sampaio nas duas primeiras rodadas, apesar da derrota.

A situação do time que teve o maior tempo de preparação para o Estadual ficou complicada com apenas dois jogos. Se quiser chegar às finais do turno, o MAC já sabe que terá que vencer fora de casa de agora em diante e ainda ganhar os clássicos.

Somente assim, o Maranhão reagirá neste primeiro turno, apesar de estarmos apenas no  início da competição.

Para piorar as coisas, a torcida parece ter perdido a paciência muito cedo. Ao final da partida de estréia contra o Itinga vários torcedores atleticanos procuraram o BLOG e já reivindicavam a saída do treinador e de vários jogadores que, para eles já estariam em fim de carreira. Um dos torcedores fazia a seguinte pergunta: onde é que nós vamos chegar com esse time que não deu certo no Moto na Taça Cidade?

De promessa mesmo no MAC até agora apelas o garoto Edgar (foto). Ele entrou no segundo tempo da partida contra o Itinga e deu mais movimentação ao ataque atleticano. Ontem em Bacabal, marcou os dois gols na derrota por 3 a 2. O efeito Edgar é uma demonstração de que o caminho do MAC pode ser o da a renovação.

Seja o primeiro à comentar em "A vida nada fácil do Bode"