Peixe encara o América-MEX na Libertadores

santos220508.jpgEm jogos na Vila Belmiro, quando o Santos está atrás no placar, é comum ouvir a torcida alvinegra cantando o refrão: “Santos é o time da virada, Santos é o time do amor”. Agora, chegou a hora do time praiano provar dentro de campo o que seus torcedores gritam nas arquibancadas. Para avançar às semifinais da Taça Libertadores, o time de Emerson Leão precisa vencer o América-MEX por três gols de diferença, nesta quinta-feira, às 21h50m (horário de Brasília), na Vila Belmiro.

O coro alvinegro é antigo, mas ganhou um significado mais forte depois da semfinal do Brasileirão 1995. No primeiro jogo contra o Fluminense, no Maracanã, derrota por 4 a 1. Na volta, o Peixe precisava vencer por três gols e fez 5 a 2, no Pacaembu. A partir dali, o Santos tranformou-se de vez no “time da virada”.

Agora, é preciso repetir 1995. O primeiro jogo, disputado no estádio Azteca, no México, quinta-feira passada, foi vencido pelo América por 2 a 0. Se o Alvinegro devolver os placar, a decisão sairá na decisão por pênaltis. Já o time mexicano pode perder por 1 a 0 ou mesmo por dois gols de diferença, desde que marque.

Os santistas consideram a missão complicada, mas todos garantem que o Peixe está pronto para conseguir a virada. O técnico Emerson Leão puxa o cordão dos otimistas.

– Eu tenho plena confiança e estou falando isso desde que acabou o jogo lá no México: é um jogo de 180 minutos, eles estão vencendo por 2 a 0, mas ainda não acabou – lembra o treinador.

Como precisa de gols, o ataque santista precisa estar em sintonia. O atacante Lima garante que a dupla que forma com Kléber Pereira está bem afinada.

Leia a reportagem de Adilson Barros e Luiz Ademar, do Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Peixe encara o América-MEX na Libertadores"