Qual Tricolor vai seguir na luta pelo título da Libertadores?

Fluminense e o São Paulo decidem nesta quarta, às 21h50m, em um Maracanã com aproximadamente 80 mil torcedores, qual dos tricolores passará à semifinal da Libertadores. Na primeira partida, quarta passada, no Morumbi, o paulista venceu o carioca por 1 a 0, gol de Adriano, e agora pode empatar ou até perder por um gol de diferença – desde que faça pelo menos um – que passará à próxima fase. Já o Fluminense precisa da vitória por, pelo menos, dois gols – o que não consegue diante do rival desde 1968 – para garantir a vaga no tempo normal. Se vencer por 1 a 0, haverá disputa de pênaltis no Maracanã.
 
Thiago Silva treinou e pode voltar ao Flu No Fluminense, onde o jogo é considerado por muitos como o mais importante da centenária história do clube, assim como aconteceu no Morumbi, o técnico Renato Gaúcho tem uma dúvida importante. O atacante Dodô, que viajou para a Suíça na sexta-feira para prestar  depoimento sobre a acusação de doping, só chegou ao Rio no fim da tarde desta terça, não treina há cinco dias e não sabe se terá plenas condições para começar a partida.

Já o zagueiro Thiago Silva treinou normalmente, mostrou que tem condições de atuar e deve começar como titular, provavelmente no lugar de Roger.

– Minha vontade de jogar é muito grande. No treino de hoje (terça) fiz todos os movimentos e não senti dor alguma, o que me deixa feliz e confiante para estar em campo nesta partida. Mas se tiver que entrar em campo com um pouco de dor, entro, porque não sei quando será a próxima vez que estarei nas quartas-de-final da Libertadores pelo Fluminense – diz o zagueiro.

O treinador Renato Gaúcho não mostra preocupação com o fato do Flu não derrotar o São Paulo por dois gols de diferença há longos 40 anos.

– Tabu não importa no futebol, mesmo que fosse a nosso favor. Já quebramos vários e podemos quebrar mais um. Aliás, nem precisamos quebrar para garantir a vaga. Podemos vencer por 1 a 0 no tempo normal e depois no pênaltis – diz o técnico.

Apesar de jogar por um empate, o São Paulo não pretende ir ao Maracanã apenas para se defender. O técnico Muricy Ramalho garantiu que seu time vai  atacar o Fluminense.

– Vai ser como no Morumbi. Vamos marcar muito forte sem a bola e, quando estivermos com ela, vamos agredir para ganhar o jogo – explica o comandante do Tricolor Paulista.

Muricy faz mistério sobre a escalação de Jorge Wagner na partida do Maracanã O São Paulo soma 13 participações na Libertadores e tem três títulos. Já o Fluminense disputa o torneio pela terceira vez.

– Será uma guerra no Maracanã, porque a tradição do São Paulo na Libertadores não entra em campo. No gramado, são 11 contra 11. Será um jogo truncado o tempo todo – avalia o zagueiro Alex Silva.

Muricy Ramalho não divulgou a escalação, mas deu uma dica. O treinador contou aos jornalistas que pretende repetir o time que venceu o Flu no Morumbi. A única dúvida está no meio-campo. O técnico pode optar por Jorge Wagner, recuperado de um problema no joelho, no lugar de Hugo.

Leia a reportagem de Caio Barbosa e Joanna de Assis, do Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Qual Tricolor vai seguir na luta pelo título da Libertadores?"