Kléber Pereira é o artilheiro da temporada

kleber2.jpgO futebol brasileiro pode comemorar mais um gol de placa. Ganhou neste fim de semana um estímulo importante. O programa ‘Globo Esporte’, da TV Globo, em parceria com o GLOBOESPORTE.COM, criou o Prêmio Friedenreich, que passará a ser entregue no fim do ano ao artilheiro da temporada. Todos os que disputam as Séries A, B e C do Campeonato Brasileiro estão na briga. Além dos gols marcados nas três divisões da competição, serão contabilizados os feitos nos Estaduais, na Copa do Brasil, na Taça Libertadores da América e na Copa Sul-Americana. O maranhense, Kléber Pereira, lidera o ranking parcial da artilharia, com 21 gols marcados nesta temporada.

O vencedor receberá o troféu no dia da entrega do Prêmio Craque do Brasileirão. E terá motivos de sobra para lustrá-lo exaustivamente e guardá-lo com destaque. Representa a homenagem a um dos maiores jogadores da história do futebol brasileiro.

Artilheiro e cerebral

Se Charles Miller trouxe a bola para o país e deu, com isso, o pontapé inicial para aquela que se tornou a grande paixão nacional, Artur Friedenreich foi um dos pioneiros do talento “made in Brazil”. Tanto com a bola nos pés quanto na capacidade de mandá-la para as redes. Se há controvérsias sobre o número de gols marcados pelo atacante – uma estatística aponta 1.329, apesar de outras assegurarem pouco mais de 500 -, a história, seja pelos recortes de jornais ou pelos testemunhos dos já saudosos bisavós, confirma que Fried foi o jogador cerebral no início do século 20.

Antes de Leônidas da Silva, Tim e outros grandes atacantes geniais, Friedenreich já se desvencilhava dos zagueiros com o drible curto e o jeito moleque. Surgia nos anos 10, e se mantinha pelos anos 20 e 30, o primeiro craque do improviso. Terror dos goleiros com os chutes de efeito indefensáveis ele também foi. Filho de um comerciante alemão e uma lavadeira negra brasileira, nascido no bairro da Luz, em São Paulo, a 18 de julho de 1892, o mulato claro de olhos azuis driblou também o preconceito e começou a carreira no Germânia.

Depois, colecionou títulos. Sete de campeão paulista (seis pelo Paulistano, hoje apenas um clube social, e um pelo São Paulo da Floresta, que deu origem ao atual São Paulo Futebol Clube), uma Copa Rocca (1914) e dois Sul-Americanos (1919 e 1922) pela seleção brasileira. Na final de 1919, marcou o gol da vitória de 1 a 0 sobre o Uruguai e ganhou da imprensa internacional o apelido de “El Tigre”, pela técnica e valentia com que jogava.

Oito vezes artilheiro do Campeonato Paulista, “El Tigre” parou de jogar em 1935, aos 43 anos, defendendo o Flamengo em jogos de exibição. Morreu em 1969 com a frustração de não ter disputado uma Copa do Mundo – por pouco conseguiu em 1930, apesar dos 38 anos. Mas foi pioneiro de títulos na seleção brasileira e também na maior alegria do futebol. Gol era com ele mesmo. Por isso, seu nome na taça só valoriza o prêmio.

Os principais artilheiros do futebol brasileiro em 2008

Kléber Pereira – Santos – 21 gols
Vandinho – Avaí – 21 gols
Keirrison – Coritiba – 20 gols
Wellington Paulista – Botafogo – 19 gols
Mendes – Juventude – 19 gols
Alex Mineiro – Palmeiras – 19 gols
Diogo – União-MT – 18 gols
Hugo Henrique – Sergipe – 18 gols
Adriano – São Paulo – 16 gols
Alex – Internacional-RS – 16 gols
Tulio Maravilha – Vila Nova – 16 gols
Paulo Isidoro – Fortaleza – 16 gols
Geraldo – Náutico – 16 gols
Souza – Fluminense-BA – 16 gols
Tatu – Vitória da Conquista-BA – 16 gols
Romerito – Sport-PE – 16 gols
Pablo – Ivinhema-MS – 16 gols
Careca – Águia Negra-MS – 15 gols
Wellington – Náutico – 15 gols
Marcelo Moreno – Cruzeiro – 15 gols
Júnior Amorim – CRB – 15 gols

Uma resposta para "Kléber Pereira é o artilheiro da temporada"

  • JEORGE

    Este futebol é muito engraçado , o Kleber é um grande artilheiro , segue uma sequencia de boas temporadas , foi bem no campeonato paulista , está bem na libertadores , porém nunca foi e nem vai ser convocado para a seleção brasileira , vc sabem pq ? Será que porque ele não é um imperador ? Claro que não , todos nós sabemos que para vestir a amarelinha tem que ter um grande empresário por trás e eu acho que o Kleber não tem .