Campinense goleia o Treze e fica perto do título

Só um desastre irá tirar o Paraibano 2008 das mãos do Campinense. Neste domingo à tarde, no primeiro jogo da final do Estadual, derrotou o Treze por 3 a 0 e ampliou a vantagem na decisão.

Com melhor desempenho na competição, o campeão do segundo turno já tinha a vantagem de jogar por dois empates. Agora, resta ao Treze vencer por quatro gols de diferença para ficar com o título. O segundo jogo será no próximo domingo, novamente no Estádio Amigão, em Campina Grande. 
 
O Campinense joga pelo seu 16º título estadual. O Treze busca o seu 14º caneco. O maior campeão da história é o Botafogo, com 26 conquistas, mas que decepcionou nesta temporada.

Os gols

Aos 37 minutos, Jean Alissou cobrou escanteio pelo lado esquerdo. O atacante Fábio Júnior subiu e mandou de cabeça, no ângulo do goleiro do Treze. Cinco minutos depois, após cobrança de falta ensaiada, Washington fez mais um belo gol.

Nos minutos finais da partida, uma jogada trabalhada definiu o placar. Washington cobrou falta na cabeça de Jádson, que só ajeitou para Almir, que da marca do pênalti, tocou para as redes.

Ficha Técnica

Treze 0 x 3 Campinense

Local: Estádio “O Amigão”, em Campina Grande-PB
Árbitro: Miguel Félix
Cartões Amarelos: Érlon, Wéverson, Rossini (Treze); Almir, Cícero e Barata (Campinense).
Cartão Vermelho: Wéverson (Treze)
Gols: Fábio Júnior, aos 37’/1T. Washington, aos 42’/1T  e Almir, aos 43’/2T (Campinense)

Treze
Santos; Marcos Vinícius (Rossini), Érlon, Neném, Hamilton (Rodrigo); Wéverson, Reinaldo, Rone, Leandro Sena; Nino Guerreiro (Gaibú), Cléo.
Técnico: Luis Carlos Cruz

Campinense
Pantera; Fábio, Jádson, Maurício Gaúcho (Cícero), Fernandes; Charles Wagner, Marquinhos Marabá, Jean Alisson (Barata), Washington; Almir, Fábio Júnior (Luciano Paraíba).
Técnico: Freitas Nascimento

Agência Futebol Interior

Seja o primeiro à comentar em "Campinense goleia o Treze e fica perto do título"