Barillari faz uma nova denúncia

Em e-mail enviado ao BLOG, o ex-árbitro da Confederação Brasileira de Futebol e da Federação Maranhense de Futebol, Eduardo Cristaldo Barillari fez novas denúncias envonvendo a arbitragem local. Por telefone, Barillari contou ao BLOG que é o autor da denúncia e que esteve na semana passada na CBF prestando esclarecimentos.

“Você me conhece bem e sabe de minha cultura, minha educação, meu caráter e minha diginidade, por isso estou escrevendo para você e dando noticias. Realmente não estou mais morando em Sao Luis, pois resolvi largar tudo aí e cuidar de minha pousada, meus terrenos e casas que tenho no litoral do Piaui, onde estou vivendo com meu filho e meu pai.Sobre Sobral, realmente, fui convidado para trabalhar no futebol da cidade e também ser instrutor dos árbitros locais, mas estou pensando na proposta, pois me formei como treinador de futebol ano passado e já fui trabalhar esse ano no Botafogo do Rio, também estive estagiando ano passado no Ceará, Ferroviário e América de Natal, após o senhor Celso Goulart haver me afastado por motivos pessoais da parte dele, onde ele usa de moralismo de faixada, e me acusou de envolvimentos ano passado, e por isso resolvi fazer um curso de treinador, que aliás o próprio irmão dele, o senhor Paulo Goulart que é meu amigão também fez o curso e está trabalhando no Ribamar e que o mesmo sabe de minha história toda no futebol nacional e local, pois eu abri todo jogo com ele sobre minha vida profissional e ele pode dar uma entrevista a vocês e falar tudo que ele sabe de minha vida dentro do futebol.

Estou morando em Parnaiba, litoral do Piauí, onde vou passar uma temporada por aqui e também trabalhando no Parnhayba A.C, com o Polozzi, bem como trabalhando na arbitragem amadora, que tenho muita credibilidade e vou usar minhas experiência e cultura para ajudar as pessoas sérias e honestas dentro do futebol amador do Piauí e do Ceará, em especial dentro de Sobral que fica a 190 km de Parnaiba.

Sobre a denúncia que enviei a CBF, foi devido a tentar moralizar o futebol do Maranhão e também com muita revolta e magoa do presidente da comissão de árbitros da FMF, senhor Celso Goulart que me acusou de envolvimentos e me afastou do quadro em julho de 2007, sem ter prova alguma, mesmo eu sendo absolvido pela CBF e pelo presidente Alberto Ferreira, que pediu ao mesmo para me reintegrar ao quadro local.

O presidente do Sampaio deu uma entrevista dizendo que eu havia o procurado para ajudar o Sampaio em uma partida entre o Sampaio x Tuna Lusa/PA, realmente ouve um contato, por parte dele mesmo, e eu aceitei, e ele foi de caminhonete ao meu encontro no Barramar onde eu morava, e pediu ajuda mesmo, e que daria 5 mil reais ao árbitro do jogo, mas como o mesmo só daria o dinheiro ao árbitro ao final da partida, o mesmo não aceitou a proposta e não houve acordo algum, e o Sampaio acabou empatando o jogo depois daquele lance onde o assistente (Nilson Araújo) anulou corretamente um gol impedido do Alex Mineiro e o Sampaio foi eliminado da Série C, e o mesmo assistente foi afastado da CBF, após o jogo e esse ano cortado do quadro nacional, só porque tomou a decisao correta, e o próprio presidente do Sampaio ajudou tirar da CBF, e também foi dizer ao Celso Goulart que eu estava envolvido, onde ele que foi me procurar, tambem jamais tive envolvimento com o pessoal da Tuna.

Tente fazer uma pesquisa entre os árbitros de Sao Luis, sobre quem foi o melhor árbitro nos últimos 5 anos dentro da Federação Maranhense.

Sobre minha carreira dentro da CBF, só no ano de 2006, fui o árbitro que mais atuou nos jogos da CBF, 15 partidas no total, 8 da Série B, 5 da Série C e 2 da Copa do Brasil, veja se algum árbitro do Maranhão conseguiu trabalhar tanto em um único ano, e também veja se algum árbitro do Maranhão ou do Brasil conseguiu trabalhar em dois jogos da CBF em menos de 72 horas, pois eu consegui isso, pode pesquisar, trabalhei em um jogo do Remo x Vila Nova/GO Série B numa terça-feira, às 20:30 h e viajei na quarta-feira pela manhã para apitar as 20:30 h Maranhao AC x Imperatriz pela Série C, na mesma quarta-feira, fora as outras partidas que atuei morando em Florianópolis e Curitiba, até mesmo na primeira divisão, foram 10 anos no quadro nacional e mais 6 em federações locais.”

Uma resposta para "Barillari faz uma nova denúncia"

  • eduardo barilari

    amigos

    td bem ae cm vcs
    estou morando em curitiba – pr.
    tenho uma empresa d marketing esportivo.

    os arbitros do maranhao ainda estao me procurando p fazer esquemas em seus jogos.
    inclussive em jogos do sampaio correia na serie c.

    e tbm na serie b.
    e uns pedindo p eu procurar o sergio correia e retriar as denuncias antigas

    abracao
    eduardo barilari