No Rio Grande do Norte… Jogador é preso em campo por racismo

O volante Ivo, do América-RN, foi preso em flagrante na tarde desta segunda-feira acusado de racismo durante o jogo em que o seu time venceu o Potiguar, por 3 a 2, no estádio Leonardo Nogueira, em Mossoró. O jogador é acusado de chamar um policial militar de “macaco”. Ele saiu de campo algemado e foi levado dentro de uma viatura para uma delegacia da cidade em que foi realziada a partida.De acordo com o jornal “Diário de Natal”, o incidente ocorreu no fim do primeiro tempo, logo após Ivo ser expulso de campo.

– Na hora que o juiz solicitou a presença da PM, nos deslocamos e, ao passarmos ao lado do jogador, ele chamou de macaco um policial do Grupo Tático Operacional. Ele disse que não iria, foi preciso usar força física – relata ao mesmo jornal o capitão Maximiliano, que deu voz de prisão a Ivo e o algemou.

Os jogadores do time rubro ficaram revoltados com a prisão do companheiro.

– Nós somos pais de família. Polícia tem que prender bandido, nós estamos trabalhando – diz o zagueiro Emerson.

Apesar da vitória do América, o título da Taça Cidade de natal, segundo turno do Campeonato Potiguar, ficou com o time de Mossoró, que havia vencido o primeiro jogo por 3 a 0. A final do campeonato será entre Potiguar e ABC.

Fonte: Globoesporte.com

Uma resposta para "No Rio Grande do Norte… Jogador é preso em campo por racismo"

  • motense

    Polícia tem que prender é bandido? E quem xinga os outros de macaco é o quê?