Sport conquista o tricampeonato

O torcedor do Sport já pode comemorar. O Leão empatou em 1 a 1 com o Central nesta quarta-feira, na Ilha do Retiro, e conquistou pela terceira vez seguida o título do Campeonato Pernambucano. Leandro Machado foi o autor do gol rubro-negro, enquanto Bebeto marcou para o time de Caruru.O Leão não pode ser mais alcançado pelo próprio Central nem pelo Naútico, que empatou com o Salgueiro por 0 a 0. A equipe do técnico Nelsinho Batista chegou aos 20 pontos, deixando o Timbu com 14 e o Central com 11 – mas com um jogo a menos. O Sport encerra a participação no clássico de domingo, contra o Náutico.

Um pontinho era o que o Sport precisava para ser campeão. Mas o Rubro-Negro não quis nem saber. Empurrada pelo bom público que compareceu à Ilha do Retiro, a equipe partiu para cima do adversário. E logo no primeiro lance de perigo, o gol. Jogada já característica da equipe: cruzamento de Luizinho em cobrança de falta, e Leandro Machado mandou de cabeça para o gol, aos 12 minutos.

Aos 25, mais uma jogada que é conhecida do time da casa. Romerito mostrou sua força pela esquerda e cruzou. Hudson saiu para interceptar o passe do meia na hora certa.

O Central passou a equilibrar o jogo na metade da etapa. Com 26 minutos, Edu Chiquita arriscou de fora da área, e a bola saiu por pouco. Seis minutos depois, o empate. O Sport provou do próprio veneno. Doda bateu falta para a área, e Bebeto apareceu para cabecear para a rede.

O Leão foi para o intervalo já sabendo do resultado de empate do Náutico com o Salgueiro. Isso significa que o jogo entre Sport e Central era o que decidia o destino do Campeonato Pernambucano, pois eram as únicas equipes com chance de conquistar o segundo turno.

Então, o segundo tempo passou a ser a final do campeonato. E Enílton tratou de deixar a emoção à flor da pele. Aos quatro, ele aproveitou cruzamento e cabeceou no contrapé de Hudson. O goleiro do Central conseguiu voltar a tempo de fazer a defesa.

Passou a ser lá e cá. Com nove minutos, Vital balançou a rede. Mas foi pelo lado de fora, assustando o goleiro Magrão. Aos 14, Moacir deu um lençol em Daniel Paulista e mandou para fora. Dois lances de perigo dos visitantes.

O Central seguiu buscando o gol da virada. Aos 30, Xavier bateu cruzado, e Magrão fez a defesa. Resposta do sport dois minutos depois. Luizinho Netto bateu falta, e a bola saiu raspando o travessão. Para finalizar, o último momento de tensão. Moacir bateu à queima-roupa, com o camisa 1 rubro-negro colocando para escanteio.

O torcedor do Sport teve que roer as unhas até o apito final. E com o sopro de Gleydson Leite veio a festa na Ilha. Sport campeão pernambucano em 2008!

Fonte: Globoesporte.com

Uma resposta para "Sport conquista o tricampeonato"

  • Washington

    Enquanto o Brasil todo está conhecendo seus campeões estaduais, como no caso de Recife, Brasília e outros estados, aqui no Maranhã acontece ao contrário do resto do país, o campeonato começa no primeiro, mas só termina no segundo semestre.
    No fim do ano todos os campeões saem na revista Placar, menos o campeão maranhense, e todo Brasil e mundo conhecem seus campeões, menos o campeão maranhense. Tá mais que na hora de trocar as bolas, colocar a Taça pra ser disputada no segundo e o campeonato no primeiro. Como nos bons tempos o estado terá seu reconhecimento e prestígio. Que nossos dirigentes de clubes e federação sejam sensiveis aos apelos do seu povo.
    Se der tudo certo podemos gritar
    Viva o futebol maranhense!