Moisés tem “santo forte”

Um dia após ser barrado pelo técnico Celso Teixeira, o atacante Moisés está de volta ao time titular. O garoto Ari que seria o titular na partida de domingo contra o São José sentiu um estiramento na parte posterior da coxa direita e tem poucas chances de atuar no domingo.Ari sentiu a contusão no treinamento de hoje à tarde. Foi o presente antecipado do técnico Celso teixeira que faz aniversário nesta sexta-feira. sem Ari, Teixeira teve que devolver a posição de titular de Moisés que terá mais uma vez a oportunidade de balançar as redes pela primeira vez. O atacante já realizou oito jogos e ainda não marcou com a camisa Tricolor.
Kevin que seria uma outra opção foi dispensado pelo clube na segunda-feira à noite.

7 comentários para "Moisés tem “santo forte”"

  • Diogo

    Ta virando sacanagem isso, pq nao coloca o Zé Maria?!?! Que m**** hein…Esse Moisés ta é jogando praga nos outros , só pode!

    E é um presente mesmo viu Zeca, agora jogaremos com 10 jogadores domingo, e nao 11..

  • Joel Jacintho

    ZECA, como pode serem 08 (oito) jogos. Ele nao foi expulso contra o Moto. Os tres jogos da segunda fase.Ele nao cumpriu suspensao automática no primeiro jogo do quadrangular. Entao sao cinco vitorias do Celso Teixeira e duas derrotas. Nao sao apenas seis (06) jogos que o Moises participou…..

    RESPOSTA: Erramos na contagem. Eu disse que eram 8 jogos. Vc seis. Na verdade ream sete, mas como ele não marcou contra o São José, agora são OITO mesmo.

  • Boliviano

    Isso é efeito da cachaça que Ari toma toda semana, foi pro time titular e nao aguentou o tranco…

  • Anônimo

    sampaio perdeu aqui nofrei por causa da bola em bacabal porcausa do juiz.qual sera a proxima descuilpa.te garanto uma coisa ,a bola era redonda

  • Anônimo

    Qual a classificação do Moto Clube no INTERMUNICIPAL? my responda, please!

  • Washington

    Enquanto o Brasil todo está conhecendo seus campeões estaduais, como no caso de Recife, Brasília e outros estados, aqui no Maranhão acontece ao contrário do resto do país, o campeonato começa no primeiro, mas só termina no segundo semestre.
    No fim do ano todos os campeões saem na revista Placar, menos o campeão maranhense, e todo Brasil e mundo conhecem seus campeões, menos o campeão maranhense. Tá mais que na hora de trocar as bolas, colocar a Taça pra ser disputada no segundo e o campeonato no primeiro. Como nos bons tempos o estado terá seu reconhecimento e prestígio. Que nossos dirigentes de clubes e federação sejam sensiveis aos apelos do seu povo.
    Se der tudo certo podemos gritar
    Viva o futebol maranhense!

  • Anônimo

    Domingo Moisés deslancha