Celso Teixeira pede mudança de postura de dirigentes

Celso Teixeira procurou o BLOG e negou por telefone qualquer problema de relacionamento com membros da diretoria e comissão técnica. Disse que, durante a reunião da última segunda-feira, pediu aos dirigentes que se comportem como dirigente e não como torcedores.

– As críticas, as coisas que na opinião dos dirigentes possam estar erradas não devem ser ditas em público. Disse a eles que precisam se comportar como dirigentes e não como torcedores – argumentou.

Celso Teixeira falou também sobre a saída do Kevin. Disse que o jogador não tinha bom rendimento nos treinamentos e constantemente estava contudido.

– Ele aparecia contudido e eu dizia para ele que tinha que correr atrás porque era a profissão dele – explicou.

O técnico do Sampaio disse que após vencer cinco partidas consecutivas chegou a ser considerado o melhor técnico do mundo, mas depois surgiram os problemas de contusão e expulsão e as duas derrotas consecutivas e as coisas mudaram.

Celso voltou a elogiar a atuação do árbitro Marcelo Filho que dirigiu o jogo contra o BEC.

_ Eu fui falar com ele e aí todos pensavam que pretendia agredí-lo. Ele fez uma grande arbitragem e fui parabenizá-lo. Disse ao presidente que houve falta naquele lance do gol do Bacabal e que as expulsões foram corretas. Eu vou te falar uma coisa, a arbitragem aqui é boa e bem diferente de outros lugares onde já trabalhei – admitiu.

Ao final da conversa, Teixeira disse que o seu compromisso com o Sampaio vai até o dia 27 quando termina o contrato com o clube.

– Vamos disputar esses dois jogos e vamos classificar a equipe para a Série C. Depois disso vou comversar com a diretoria para definir a minha situação. Tenho vários nomes de jogadores e podemos formar um grande time para o Campeonato Brasileiro, mas isso será conversado com o Sérgio Frota e a diretoria, mas precisamos melhorar alguns aspectos dentro do Sampaio – concluiu.

Seja o primeiro à comentar em "Celso Teixeira pede mudança de postura de dirigentes"