Bacelar admite ausência, mas descarta renúncia

O presidente do Moto, Antônio Carlos Bacelar descartou a possibilidade de renunciar a presidência do Moto. Ele reconheceu que está bastante ausente da vida do clube nos últimos dias, mas garantiu que não pretende deixar o Papão.

Bacelar disse que, de fato, os compromissos políticos (ele que é deputado estadual) vem ocupando grande parte do seu tempo, mas prometeu, a exemplo do que fez quando da sua eleição, um time forte para este segundo semestre.

Ainda esta semana, Bacelar deverá conversar com toda a diretoria e explicar os motivos da sua ausência, principalmente após a desclassificação do Moto na Taça Cidade de São Luís.

3 comentários para "Bacelar admite ausência, mas descarta renúncia"

  • Anônimo

    Vamo lá presidente… mostre força pelo Moto.

  • Anônimo

    “Bacelar (…) prometeu, a exemplo do que fez quando da sua eleição, um time forte para este segundo semestre”. EU TAMBÉM ACREDITO EM PAPAI NOEL, FADAS, DUENDES, COELHINHO DA PÁSCOA E ACREDITO PRINCIPALMENTE EM POLÍTICOS. ME COMPRE UM BODE, OU MELHOR UM URUBU, SENHOR DEPUTADO. CONTA OUTRA…

  • Marina

    Barcelar, tu com este bigode, tua boca parece minha x*****!!!!!