Ponto a ponto

O secretário de Esporte e Juventude, Weverton Rocha foi o entrevistado desta terça-feira, do programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM. Acompanhamos toda a entrevista e destacamos no BLOG as principais frases do secretário.

“É o momento de se estabelecer um grande pacto pelo esporte, pela juventude, pela sociedade”.

“Eu tenho que pedir a todos, inclusive à imprensa que nos ajude porque o esporte passa por um momento difícil”.

“Nós vamos estar abertos para estabelecer um grande diálogo com a sociedade”.

“Eu sou muito sensível às questões relacionadas à juventude. E não poderia ser diferente porque venho de lá.”

“Já terminamos a primeira fase das obras no Castelão e estamos agora iniciando a segunda etapa”.

“Antes do Nota na Mão vamos enfrentar o grande desafio de abrir o Estádio Castelão”.

“Os clubes estão crescendo tanto em São Luís como em outros pontos do estado”.

“Em Imperatriz vai ser feito uma grande reforma. O estádio vai ser fechado e será utilizado o Estádio de João Lisboa”.

“Nós vamos chamar todos os protagonistas do futebol e eles vão me dizer de que forma poderemos contribuir”.

“Vou sair daqui direto para uma reunião e até quinta-feira vamos divulgar oficialmente sobre o que deverá ser feito nos JEMs”.

“Peço inclusive para os que não gostam da gente que torçam para dar certo”.

“Quero anunciar aqui que logo em breve o Ministro dos Esportes estará aqui em São Luís”.

É isso que tenho a destacar. O restante confesso que já ouvi antes em entrevistas de outros secretários.

2 comentários para "Ponto a ponto"

  • Anônimo

    a segunda etapa da reforma diz respeito a q? na primeira fase o q foi concluido? será que temos um prazo para entrega do castelão?

  • Anônimo

    espero que realmente o novo secretario tenha sucesso nessa sua nova empreitada. ele diz que veio da juventude mais nós que somos ligados ao esporte nunca ouvimos falar nesse nome. será que ele terá condições de elevar o desporto maranhense e principalmente o desporto estudantil. só Deus sabe a angustia que nós que somos e dependemos do desporto escolar estamos passando. Só em pensar que estamos na dependencia de um cidadão que nunca teve seu nome envolvido no esporte, estaja dirigindo esta secretaria. Mais vamos dar um voto de confiança. Só espero que ele tenha a conciencia que esta tratando com pessoas que estarão prontas pra cobrar e se for preciso ir no pescoço dele para que ele desempenhe bem o seu papel. Sorte secretario.