Moto goleia e fica a um empate da decisão

O clássico era de vida ou morte para Moto e Maranhão. Uma derrota poderia significar a desclassificação da Taça Cidade de São Luís e conseqüentemente do campeonato Brasileiro Série C.

E o Moto é quem continua vivo. O time rubro-negro goleou o MAC por 4 a 1 com gols de Gabriel (2), Juninho e Misael, enquanto Carlos Henrique descontou para o MAC. Com o resultado, o Moto segue na 2ª colocação com 9 pontos ganhos. O MAC é o terceiro com 4 pontos e o Sampaio é o quarto com 3 pontos ganhos.

Para se classificar para o quadrangular final, o Moto precisa de um empate contra o Sampaio no próximo domingo, mas a classificação poderá vir na quinta-feira caso o Sampaio não vença o São José. O MAC ainda terá uma partida na última rodada com o São José mas não tem chances de classificação para o quadrangular decisivo.

O jogo

O Moto iniciou a partida disposto a matar o adversário. Logo aos 2 minutos Arcinho cobra escanteio, a defesa do MAC corta e a bola sobra para Cosme que chuta e Raimundão faz grande defesa. Aos 5 minutos, André Guerra tabela com Gabriel que vê Juninho livre. Ele recebe, mas chuta fraco e perde a chance de abrir o placar.

Aos 10 minutos, Jubinho acha Gabriel livre pela direita. Ele avança e deixa Cosme na cara do gol que desvia e manda a bola no trave. O MAC quase marca aos 11 minutos. Jean Maranhense bate falta e Neto sobe livre de cabeça, mas perde a chance.

O Moto responde aos 14 minutos. André Guerra lança Cosme que dribra dois marcadores e chuta de esquerda. A bola passa bem perto do gol de Raimundão.

O Maranhão consegue esfriar a pressão rubro-negra e aos 30 minutos esteve perto de marcar. Contra-ataque rápido pelo meio, Armando descobre Neto livre que invade e cruza para Jean Maranhense mas o atacante atleticano não alcança.

Aos 33 minutos, o Moto volta a apertar. Gabriel lança Cosme na área. Ele serve a Lúcio que chuta a bola outra vez no trave.

Show de gols no segundo tempo

As duas equipes voltam modificadas no segundo tempo. O técnico Raimundinho troca Neto por Jáder no MAC. O Moto abre mão do esquema com três zagueiros e Misael entra no lugar de Lucas.

O goleiro Flaubert resolve dar um susto logo no primeiro minuto. Ele sai jogando errado e entrega a bola nos pés de Armando, mas quando o atacante do MAC se preparava para finalizar, André Ramos salva o Moto. Aos 3 minutos, Juninho vê Gabriel livre que chuta. Raimundão defende e evita o gol do Moto.

Aos 6 minutos, o Régis chuta forte de fora da área. Flaubert voa e manda a bola para escanteio. Aos 8 minutos, Jáder recebe livre invade a área, mas chuta fraco e perde a chance de abrir o placar para o MAC.

O Moto pressiona. Aos 13 minutos, Misael sofre falta na entrada da área. Israel cobra mal e perde a chance. Aos 15 minutos, Gabriel invade a área e é derubado por Tiago Ramos. O árbitro Silvio eduardo Silva e Silva marca pênalti. Gabriel vai para a cobrança e bate no canto esquerdo baixo de Raimundão.

Aos 20 minutos, Jean Maranhense coibra escanteio para o MAC. O lateral-esquerdo Carlos Henrique sobe livre e desvia de cabeça 1 a 1.

O Moto responde aos 21 minutos. Gabriel recebe e bate forte da entrada da área. Raimundão fica olhando mas a bola vai para fora. Aos 23 minutos, Carlos Henrique tenta encobrir o goleiro Flaubert que evita o desempate do MAC.

Aos 29 minutos, Gabriel invade a área e é derrubado por Beto. O árbitro marca pênalti. Outra vez Gabriel bate e manda a bola no canto esquedo baixo de Raimundão 2 a 1 Moto.

Aos 32 minutos, Edgard arraca pela esqueda e chuta, Flaubert salva e coloca para escanteio. Aos 35 minutos, Misael escapa livre pela direita e cruza. Gabriel sozinho perde a chance de ampliar.

No minuto seguinte, o gol mais bonito até aqui da Taça Cidade. Juninho recebe a bola e parte para o ataque, passa por três marcadores do MAC e bate forte no canto direito alto de Raimundão 3 a 1 Moto.

O Moto segue explorando os contra-ataques e aos 46 minutos faz o quarto gol. Gabriel arranca pela esquerda e lança Misael que bate Júnior Casquinha e chuta forte no canto direito baixo de Raimundão fechando o placar em 4 a 1 para o Moto.

Seja o primeiro à comentar em "Moto goleia e fica a um empate da decisão"