São José classificado para a final da Taça

O time que todo mundo imaginava que viria apenas para cumprir tabela é o primeiro classificado para o quadrangular final que vai indicar os dois representantes maranhenses para o Campeonato Brasileiro Série C. O São José bateu o Moto por 1 a 0, nesta quinta-feira e disparou na liderança do grupo da Capital com 10 pontos ganhos e mesmo que venha a perder os dois próximos jogos contra Sampaio e Maranhão estará garantido na decisão.

A partida começou em grande velocidade. O Moto parecia um time ansioso e sem inpiração. Aos poucos o São José foi dominando o meio-campo e criando várias oportunidades. Aos 8 minutos, Pelezinho escapa pela esquerda e cruza. Flaubert chega antes de Santos e Gil e salva o Moto.

O time rubro-negro responde aos 15 minutos. Arcinho e Lúcio tabelam na entrada da área e passam para André Ramos que chuta e obriga Ronilson a se esticar todo para mandar a bola para escanteio.

Aos 17 minutos, Carlinhos dorme na defesa e arma um contra-ataque para o São José. Gil tenta finalizar, mas a defesa do Moto salva. Aos 19 minutos quem vacila é o goleiro Flaubert que repõe a bola errada. O ataque do São José trabalha a bola, mas Jean Carioca salva.

Aos 21 minutos, Cosme perde a bola no ataque. Valtinho descobre Gil que tenta encobrir Flaubert. O goleiro do Moto bem colocado salva mandando a bola para escanteio. A pressão do São José continua. Aos 25 minutos, Kélson recebe falta pela esquerda. Careca bate mas Flaubert defende outra vez.

Pelezinho bate escanteio do lado direito. A zaga do Moto fica olhando. Kélson sobe livre e quase abre o placar. Aos 35 minutos, Robson deixa o campo sentindo uma contusão e é substituído por Juninho. O time do Moto começa a crescer.

No minuto seguinte, Betinho cobra falta e a bola passa perto do gol de Ronílson. Aos 45 minutos, Juninho invade a área e deixa Cosme livre. Ele chuta forte, mas a bola desvia no rosto de Ronílson e vai para escanteio na melhor chance do Moto na etapa inicial.

Aos 47 minutos, escanteio para o Moto. A defesa rebate e na sobra Jean Carioca chuta forte de fora da área. A bola passa bem perto do gol de Ronílson.

Moto muda no segundo tempo

O técnico Meinha mexe no ataque e o Moto volta mehor no segundo tempo com a entrada de Gabriel no lugar de Cosme. Logo aos dois minutos, Juninho rouba a bola de Jean Marcelo e tenta encobrir o goleiro do São José. Bem colocado, Ronílson manda para escanteio.

Aos 4 minutos, escanteio para o Moto. Betinho levanta a bola na área, Gabriel desvia, mas Jean Carioca chega atrasado. O Moto segue atrás do primeiro gol. Aos 7 minutos, contra-ataque pela esquerda, Juninho recebe e corta para o meio. Ele engana o zagueiro Vágner e chuta. Ronílson fica olhando a bola passar bem perto do gol.

Aos 9 minutos Lúcio recebe livre pela esquerda e cruza. Arcinho ainda tem tempo para escolher onde cabeçear. Ronílson defende sensacionalmente e evita o gol do Moto. Aos 10 minutos, Juninho e Gabriel tabelam na entrada da área, Gabriel invade e chuta. O Moto disperdiça outra grande oportunidade.

Aos 13 minutos, Arcinho sofre falta na entrada da área. Lúcio cobra mal e perde mais uma grande chance de abrir o placar. Aos 15 minutos, Meinha discute com o árbitro reserva e é expulso.

Aos 16 minutos, o primeiro ataque do São José no segundo tempo. Washington recebe e chuta forte da entrada da área. Flaubert defende com segurança. Aos 19 minutos, o atacante Santos é derrubado na área, o árbitro não marca a penalidade. Josivan Ribeiro marca falta do atacante do São José.

As duas equipes esfriam o jogo que so volta a pegar fogo com a entrada de Misael no Moto. Ele invade livre pela direita e lança Gabriel que perde o tempo da bola e mais uma chance de abrir o placar para o Moto.

Mais pressão rubro-negra aos 30 minutos. Lúcio lança a bola na área. Jean Carioca divide com a zaga do São José e leva a melhor. A bola sobra para Misael que cruza e Ronílson evita outra vez o gol do Papão.

Aos 31 minutos, escanteio para o Moto. jean ganha outra dividida com a defesa do São José e desta vez que aparece livre é Juninho. Ronílson salva outra vez. O castigo para o time rubro-negro viria aos 40 minutos. Lúcio vacila e perde a bola no ataque, Careca avança e cruza. Jean carioca salva o primeiro lance, na sobra Washington lança Kélson que chuta no canto direito baixo de Flaubert e faz 1 a 0 para o São José.

Aos 43 minutos, o Moto perde a chance de empatar. Arcinho ganha na velocidade de Josivan e bate forte. Jean Carioca mergulha de carrinho, mas não consegue desviar a bola para o fundo do gol.

O São José ainda teve uma chance aos 48 minutos. Careca invade livre pela direita e bate forte. Flaubert manda a bola para escanteio.

Com a derrota, o Moto precisa de quatro pontos nos dois jogos que ainda terá pela frente contra Maranhão e Sampaio para chegar ao quadrangular decisivo. A mesma situação é do MAC que precisa vencer os jogos contra Moto e São José para garantir a vaga. Já o Sampaio mesmo que venca aos dois jogos que terá pela frente, ainda assim poderá se alcançado pelo Moto. Além da vitória, o Tricolor terá que fazer um bom saldo de gols para ficar com a segunda vaga.

3 comentários para "São José classificado para a final da Taça"

  • Boliviano

    COMEMOREM AGORA MORTO CLUB, NAO IAM GANHAR DO SAO JOSE FACIL?!

    HAHAHAHAHAHAHA
    HAHAHAHAHAHAHA

  • MOTENSE - EDU

    TRAGÉDIA ANUNCIADA POR VC ZECA SOARES!
    Após a vitória do Moto contra o Sampanha, vc Zeca Soares, como jornalista inteligente que é ,publicou o seguinte artigo no seu BLOG: “Que não si iluda a Torcida Rubro-Negra”. Alguns motenses mais radiacais contestaram, mas a maioria da Torcida sabia que o time está uma porcaria, começando a m**** pelo Diretor de Futebol, que além de ser Maqueano, nunca conseguiu levar o MAC a conquistar nenhum título, e não sabe contratar jogadores. Todo mundo está vendo as carências do MOTO, na defesa, nas laterais, no meio e pelo menos um atacante finalizador, pq Gabriel, Robson, Cosme e misael não são bons finalizadores.
    e ai vai um recado para o “grande” Diretor de Futebol EVANDRO MARQUES: A classificação está ficando complicada e vc agora que fala em contratação, teve dez dias antes do jogo do Ribamar para contratar, foi preciso perder para inventar estas contratações duvidosas, pois todos os jogadares de fora contratados nenhum acertou, ou nem estrearam!, O BICHO VAI PEGAR!

  • Anônimo

    e nao teve jeito o negocio e mudar tudo para o campeonato maranhense ,a fmf ate que tentou mais nao deu para colocar os dois queridinhos da ilha na final, eta federaçao . furia colorada