Moto vence e deixa o Sampaio com a corda no pescoço



Se já estava complicada agora a situação do Sampaio é ainda mais desesperadora. O Tricolor sofreu a terceira derrota consecutiva após três jogos realizados e está se distanciando do sonho de representar o Maranhão na Série C. Desta vez, a derrota foi exatamente para o seu maior rival, o Moto Club por 2 a 0.

A derrota ainda deixa o Sampaio com chance de classificação, mas é preciso muita matemática, afinal a equipe não depende mais apenas de si. Terá que vencer os três jogos que restam e torcer por várias combinações de resultados.

No Moto, o resultado serviu para mostrar que a equipe está em crescimento e vai dar mais tranquilidade ao técnico Meinha e também aos jogadores. O time rubro-negro venceu os dois clássicos que disputou e agora já ocupa a segunda colocação com 6 pontos. O Moto está empatado em pontos com o líder São José, mas tem uma partida a mais.

O Jogo

Moto e Sampaio iniciaram a partida com jogadas duras e com poucos espaços para armação das jogadas. O primeiro lance perigo foi do Sampaio. Válbson aparece livre pela direita e cruza. Kelvin faz o corta-luz e perde a chace de chutar para o gol, aos 12 minutos.

O Moto responde aos 21 minutos. André Ramos lança Betinho que vai até a linha de fundo e cruza. A zaga falha e deixa passar. Lúcio chega atrasado.

A melhor chance do Sampaio no primeiro tempo foi disperdiçada nos pés de Válbson. Ele recebe livre um lançamento de Kelvin na marca do pênalti e chuta fraco para a defesa do Moto salvar. Aos 26 minutos, Juninho lança Gabriel que invade a área, mas demora chutar. Alex Mineiro chega para salvar.

Aos 32 minutos outra vez Gabriel e Juninho trocam passes. A defesa Tricolor corta. A bola cobra para Lúcio que chuta sem perigo para o goleiro Orlando. Mais uma vez Gabriel aparece livre para receber um passe de Lúcio. O atacante do Moto demora finalizar e Alex Mineiro salva.

A pressão rubro-negra continua. Aos 41 minutos, Arcinho invade peça direita e lança na área. Orlando fica apenas olhando a bola passar e Lúcio chega atrasado outra vez. Alex Mineiro sai jogando errado e Arcinho quase abre o placar aos 43 minutos.

$6 minutos, escanteio para o Moto. Betinho cobra, Orlando não sai e Gabriel sobe sozinho. A bola passa com perigo.

Segundo tempo com gols

O técnico Meinha mexe no time do Moto. Juninho que foi um dos destaques da equipe no primeiro tempo é subsstituído por Cosme, mas é o Sampaio quem volta mais disposto.

Jamilson vacila e faz falta logo aos 3 minutos em Kevin. Alex Mineiro bate e Flaubert manda para escanteio. Aos 7 minutos, Arcinho lança Betinho que chuta de fora da área para a defesa de Orlando.

Aos 8 minutos, o setor defensivo do Moto cochila e Lúcio perde a bola para Tica que lança Kevin. O atacante Tricolor chuta forte. Flaubert se estica todo, mas a bola bate no travessão. Como quem não faz leva, o Moto vai para o ataque aos 10 minutos. Cosme lança Betinho que cruza na área. Desta vez Lúcio está no local exato e desvia de cabeça 1 a 0 Moto.

O Sampaio quase empata aos 15 minutos. Robson perde a bola no meio-campo. Kelvin recebe e obriga Flaubert a fazer mais uma grande defesa. Aos 22, Evandro cruza e Aílton aproveita a indecisão de Flaubert e Jean Carioca para cabecear livre e perder a chance de empatar o jogo.

Aos 23 minutos, o Sampaio continua tentando o gol de empate. Aílton ajeita para Kevin que chuta e mais uma vez Flaubert faz defende espetacularmente. O castigo viria no minuto seguinte. Num contra-ataque rápido Arcinho lança Robson que recebe em completo impedimento, o árbitro Washington Carneiro manda seguir o lance. O atacante do Moto é mais rápido e aproveita a indecisão de Orlandom dribla o goleiro do Sampaio e faz 2 a 0 aumentando o desepero da torcida Tricolor.

Aos 27 minutos, outra vez Flaubert evita o gol do Sampaio. Aílton serve Kléo que chuta, O goleiro do Moto voa para fazer a defesa.

A partir daí, O Moto teve alguns contra-ataques mas acabou disperdiçando. O Sampaio tentou esboçar uma reação, mas parou principalmente nas mãos de Flaubert e na garra de Jean Carioca.

Classificação

Grupo da Capital

1 – São José – 6 pontos (saldo 3)
2 – Moto – 6 pontos (saldo 1)
3 – Maranhão – 3 pontos (saldo 0)
4 – Sampaio – 0 ponto

Grupo do Interior

1 – Bacabal 7 pontos
2 – Imperatriz – 4 pontos
3 – Santa Quitéria – 3 pontos
4 – Chapadinha – 1 ponto

* As duas melhores equipes de cada grupo disputarão o quadrangular decisivo

Próximos jogos

28/02 – Quinta-feira

20h30 – São José x Maranhão

02/03 – Domingo

16h – Santa Quitéria x Chapadinha
17h – Imperatriz x Bacabal
17h – Maranhão x Sampaio

06/03 – Quinta-feira

20h30 – São José x Moto

Seja o primeiro à comentar em "Moto vence e deixa o Sampaio com a corda no pescoço"