Torcida exigente

As torcidas de Sampaio e Moto mostraram logo na primeira partida da Taça de São Luís que serão bem exigentes este ano. A torcida do Sampaio protestou no domingo após o clássico contra o MAC. Ontem foi a vez da torcida do Moto. Eles pediram a cabeça do técnico Meinha e alguns jogadores. Não pouparam nem as esposas dos atletas na saída do estádio. Antes mesmo da estréia do Moto, a torcida organizada já mostrava a sua insatisfação com as contratações.

Ausência registrada

Não poderia ter sido diferente. Durante o lançamento do projeto Gol Cemar que visa incentivar e fortalecer os clubes de futebol do Maranhão nenhum representante da FMF esteve presente. É a tal da omissão.

Festa Cavalina

A torcida do Imperatriz não pára de comemorar. O Cavalo está na Copa do Brasil e vai enfrentar o Sport Recife, no dia 27 de fevereiro, no Estádio Nhozinho Santos. Era a motivação que faltava à diretoria, comissão técnica, jogadores e torcedores cavalinos.

Nas ondas do rádio

O presidente do TJD/MA, José de Ribamar Marques disse hoje cedo em entrevista á Rádio Mirante AM que a sua decisão ao referendar o Bacabal como vice-campeão maanhense de 2007 foi acertada. Disse também que o STJD agiu sob pressão. E alertou que ainda cabe recurso do BEC. Foi o bastante para provocar a ira dos ouvintes (torcedores do Imperatriz).

De olho…

Logo que o Moto confirmou a contratação do atacante Robson fui procurar informações sobre o jogador. Seu último clube teria sido o Ituano-SP onde disputou 20 partidas na Série B de 2008 e fez 8 gols. Confesso que vasculhei o site do Ituano e o nome do jogador não aparece nas súmulas. Pelo menos não vi. Por telefone, o novo “matador” rubro-negro me disse ainda que jogou no Vasco entre 2001 e 2004. Perguntei: Quem era o treinador? Ele respondeu: Antônio Lopes. Depois ele contou que esteve na verdade nas divisões de base do time cruzmaltino. Boa sorte então.

Sem resposta

É melhor a diretoria do Moto esquecer os jogadores Delmir e Edu Xiquita. Os dois teriam acertado tudo com o clube, mas permanecem jogando no Central-PE. O Sampaio também espera pacientemente o goleiro Rodrigo Ramos que continua atuando pelo Treze-PB.

Outro jogo

O goleiro Ronílson (São José) parece ter visto um outro jogo. O time dele atropelou o Moto por 3 a 1 jogando excelente futebol, mas na hora da entrevista na rádio disse: “O time pode não ter jogado bem, mas fizemos o gol e conquistamos os três pontos”. Isso é que é diminuir uma vitória maiúscula.

Outro banho

O técnico Sandow Feques deu outro banho tático no Moto. No ano passado, o fraco time rubro-negro levou quatro aqui mesmo no Nhozinho Santos para o Santa Quitéria à época dirigido pelo atual técnico do São José. Ontem, o time dirigido por Sandow bateu Moto por 3 a 1. Fácil de explicar. Sandow foi técnico do Moto e conhece cada um dos jogadores do previsível Moto Club.

Sem sombra

O goleiro Flaubert está precisando mais do que nunca de uma sombra. No ano passado a temporada não foi boa para ninguém no Moto. Este ano, o goleirão rubro-negro começou mal. Uma saída desesperada foi o bastante. Ele fez um pênalti descencessário contra o São José e ainda parecia bastante inseguro após o primeiro gol do time de Ribamar. Flaubert está precisando de uma sombrinha no banco de reservas.

Alegria de Ribamar

Não poderia ter prêmio melhor para Ribamar. Os dois primeiros gols marcados pelo time do São José foram marcados por Carlinhos que nasceu na cidade, mas foi revelado pelo Moto, jogou no Sampaio e outros clubes. Carlinhos entrou para a história do futebol profissional em Ribamar.

5 comentários para "Torcida exigente"

  • Anônimo

    Werlyn Sandro – Imperatriz

    A entrevista que o Presidente do TJD/MA deu à Mirante é um ultrage a moralidade do Futebol. Essa gente não tem a mínima vergonha.

    FORA
    José de Ribamar Marques
    Jamenes Calado
    Alberto Ferreira

    Morte a Geografia já!

  • indignado TUMF 100%

    Quando a torcida exigiu uma reunião com o diretor de futebol Evandro Marques para cobrar explicações sobre as contratações do Moto, grande parte da imprensa não concordou.
    Taí o resultado: Montam um time cheio de cachaceiro, que ontem bufou em campo.
    A torcida mais uma vez estava com a razão! Se nada for feito urgentemente, o Moto vai mais uma vez amargar a perda da vaga da Série C por culpa dos incompetentes que o dirigem.
    Os dois erros da arbitragem que originaram o 2° e 3° gols do Peixe Pedra – um pênalti mal marcado e um impedimento claro – não aliviam a vergonhosa atuação do time.
    O bicho vai pegar daqui pra frente!

  • Anônimo

    Esse Marques devia era pedir para sair, ele envergonha o futebol com essas decisões altamente tendenciosas.

  • massa cavalina

    Cadê a tocida do Bacabosta e a FMF, que não falam nada sob a decisão do STJD, devolvendo a vaga que era de direito do imperariz na copa do Brasil, isso é um tapa na cara dessa federação corrupta, Dali cavalo.

  • Anônimo

    A JUSTIÇA TARDA MAIS NÃO FALHA

    PARABEMS CAVALÃO