Os casos omissos

Da minha parte quero encerrar essa discussão sobre o “regulamento” do Campeonato Maranhense. No papel, o vice é o Bacabal, mas o torcedor maranhense que foi aos estádios viu que o Imperatriz conquistou um turno e decidiu o título. E quando se fala em lei, o que vale é o que está escrito. Os clubes aceitaram as regras (regulamento) do jogo, inclusive o Imperatriz.

Na minha opinião, o artigo 30 das disposições finais define tudo:

Das Disposições Finais

Art. 30 – serão resolvidos em primeira instância pelo DT/FMF e em segunda pela Presidência da FMF.

Foi o que aconteceu. Para a FMF, a questão foi resolvida como um “caso omisso”. E por isso, o documento que proclamou o BEC vice foi assinado pelo diretor técnico, Jámenes Calado.

Quanto ao que se tem dito sobre a indicação do vice à Copa do Brasil que não consta nada no regulamento, a FMF também decidiu com base no art. 30. Quero fazer justiça ao experiente operador de áudio, Gerzivilson Azevedo que levantou essa questão, ontem, no programa Abrindo o Verbo. E ponto final.

Regulamento

CAPÍTULO II

Dos Troféus e Títulos

Art. 3º – Ao clube vencedor será atribuído o título de Campeão Maranhense de 2007 e, ao segundo colocado, o de Vice-Campeão Maranhense de 2007.

Parágrafo único – O clube campeão maranhense será o representante do Maranhão na Copa do Brasil de 2008.

Art. 4º – O clube classificado em primeiro lugar receberá o troféu “Campeão Maranhense de 2007”; ao clube classificado em segundo lugar será entregue o troféu “Vice-Campeão Maranhense de 2007”, cuja posse definitiva será assegurada aos clubes.

CAPÍTULO IV

Do Sistema de Disputa

Art. 8º – Se o campeão do primeiro turno for o mesmo do segundo turno, o clube será o Campeão Maranhense de 2007, e o Vice-Campeão, será o clube que tiver sido vice nos dois turnos.

Parágrafo único – Caso não aconteça de um só clube ser vice nos dois turnos, o Vice-Campeão será o clube que acumular o maior número de pontos ganhos em toda a disputa.

DECISÃO DO CAMPEONATO (SE NECESSÁRIO)

Art. 9º – Se o campeão do primeiro turno não for o mesmo do segundo turno, haverá uma decisão entre os campeões de cada turno, em dois jogos (ida e volta), com o clube de maior número de pontos ganhos em todo o Campeonato jogando a segunda partida na sua sede, com vantagem de dois empates ou uma vitória para cada equipe com o mesmo saldo de gols.

CAPÍTULO IX

Das Disposições Finais

Art. 30 – serão resolvidos em primeira instância pelo DT/FMF e em segunda pela Presidência da FMF.

4 comentários para "Os casos omissos"

  • J. Júnior

    Eu cortaria meu braço se fosse o SAMPAIO ou qualquer outra equipe da capital que tivesse nas mesmas circunstâncias do IMPERATRIZ que vc não faria um comentário contra os times da capital, vc é muito parcial, se eu já desconfiava, agora tenho certeza que vc e toda crônica esportiva da capital junto com a FMF tem uma imensa inveja do time do IMPERATRIZ e consequentemente da nossa cidade, parabéns pelo comentário inútil, só mesmo no MARANHÃO é que se começa a decidir um campeonato em uma mesa de bar, parei com o futebol maranhense.

    RESPOSTA: Não fiz comentário algum farovável aos times da Capital. Não me preocupo com isso. Li o regulamento e escrevi o que vi. Claro que não entendo isso tudo que está acontecendo. Para mim quem levou foi o Imperatriz. Mas não venha cobrar da imprensa. O campeonato é feito pelos clubes. Lembre-se disto.

  • Anônimo

    Não me venham falar em “armação”. A verdade é uma só; A diretoria do cavalo administra o time como se fosse amador… Perderam o brasileiro por pura inconpetência, e agora a vaga na copa do Brasil também. Todos assinaram esse regulamento, inclusive o Imperatriz. Parabéns a DIRETORIA DO BECÃO que essa sim faz a coisa com PROFISSIONALISMO!!!

  • Anônimo

    Por Werlyn Sandro – Imperatriz

    Comentario 2…

    A inveja de alguns torcedores da capital com o crescimento do nosso clube e da nossa imensa torcida está criando uma situação irreverssível. Entendemos que vossos times estão se afundando cada vez mais, mas infelizmente não temos culpa.

    O que acontece se um clube não aceitar o regulamento da forma que está escrito? Com certeza farão uma votação e o clube que não assinar não participa. É simples!

    Vcs aí da capital é que se acostumaram com as facilidades que a FMF vos oferecem. É inaceitavel por exemplo que o vice presidente da FMF sejá um Diretor do MAC. Fala sério. Me compre outro Bode, desde que não seja o Gregório.

    Fui

  • evaldo melo

    O time do imperatriz tem mais é que procurar outro estado para disputar um campeonato sério, pos esse maranhense é uma vergonha.