Todo cuidado é pouco


Meinha não quer clima de ‘já ganhou’

A vitória por 1 a 0, em pleno ‘Caldeirão’ deixou de fato, o Maranhão bem mais perto do título de Campeão Maranhense de 2007. O time atleticano poderá perder na quinta-feira por até um gol de diferença que mesmo assim será o campeão da temporada.

No MAC, o técnico Meinha não quer festejar nada por antecipação. “Esse é um jogo de 180 minutos. Saímos na frente nos primeiros 90 minutos, mas temos um outro jogo e nada está definido”, alertou.

Meinha lamentou os gols perdidos, ainda no primeiro tempo por Niltinho e Raimundinho e que poderiam ter sido fatais para o Imperatriz. Seria muito difícil para o Cavalo de Aço tirar uma vantagem de quatro gols, mas vencer o MAC por dois gols de diferença em São Luís não é coisa de outro mundo.

Lembro que a principal conquista do Imperatriz que foi o título de 2005 teve como palco o Nhozinho Santos. Mas é necessário lembrar que o cenário era outro. O Time estava motivado por havia vencido o Moto por dois gols de diferença em casa.

Agora é diferente. Foi o MAC quem venceu lá dentro. É o Maranhão de Meinha quem tem a vantagem. Ao Imperatriz de Pedrinho Rocha só resta venmcer por dois ou mais gols de diferença.

Seja o primeiro à comentar em "Todo cuidado é pouco"