Corinthians é rebaixado para a Série B

Tido com um dos clubes mais populares do Brasil, o Corinthians terá de disputar a Série B do ano que vem. Isso porque o empate por 1 a 1 diante do Grêmio, neste domingo, no Olímpico, não foi suficiente para manter a equipe alvinegra na elite do futebol brasileiro, já que o Goiás venceu o Inter em casa e o ultrapassou em número de pontos.

O empate deixou o Corinthians com 44 pontos ganhos, na 17ª colocação na tabela, contra 45 do Goiás. Já o Grêmio buscava uma vaga na Libertadores, mas foi a 58 pontos e vai disputar a Sul-Americana no ano que vem.

Para o Corinthians, o ano que vem deve ser marcado pela reformulação. Em 20070, o clube passou por uma de suas maiores crises desde a sua fundação, em 1910, com fracas campanhas desde o Paulista até o Brasileiro.

Com quatro técnicos diferentes durante o ano (Emerson Leão, José Augusto, Paulo César Carpegiani e José Augusto), o Corinthians teve problemas em campo e fora dele, envolvendo, principalmente, Alberto Dualib.

O ex-presidente alvinegro, que deixou o cargo e viu Andrés Sanchez assumir o comando do Corinthians, virou um dos protagonistas de uma investigação da Polícia Federal, que apura supostas irregularidades no clube.

Grande parte do elenco atual do Corinthians terá seu contrato expirado no fim desta temporada. Desta forma, restará a Sanchez definir se Nelsinho continua no cargo, além de montar o novo elenco para 2008.

O jogo

O confronto começou com bastante atraso. Enquanto o Grêmio passou vários minutos se aquecendo para o jogo, com o técnico Mano Menezes sendo aplaudido pela torcida, o Corinthians demorou a ir ao campo.

O atraso foi benéfico ao Grêmio, que entrou em campo mais ligado que o Corinthians e abriu o placar no primeiro minuto de jogo. Após cobrança de falta, Jonas cabeceou entre os zagueiros alvinegros e estufou a rede: 1 a 0.

Substituto de Bruno Bonfim, suspenso, Clodoaldo protagonizou o primeiro avanço do Corinthians ao campo de ataque. Aos 6min, Lulinha cruzou rasteiro para a área gremista, mas o centroavante não aproveitou.

Mesmo perdendo o jogo, o Corinthians, animado, melhorou na partida quando o Inter abriu o placar da partida diante do Goiás, com Orozco, de cabeça, recolocando o time alvinegro na primeira divisão do ano que vem.

O Grêmio, porém, não deixou o Corinthians tomar conta do jogo e, melhor em campo, quase ampliou o placar aos 21min, quando Patrício cruzou em direção à área e Marcel, de cabeça, acertou o travessão do goleiro Felipe.

Mesmo pressionado, o Corinthians aproveitou um contra-ataque para empatar a partida. Aos 30min, Carlos Alberto recebeu na linha de fundo e cruzou para a área. Inteligente, Clodoaldo se antecipou ao defensor e marcou.

Ao mesmo tempo do gol de Clodoaldo, o Goiás empatou o jogo diante do Inter, com o gol marcado por Élson, e ligou o sinal de alerta no Corinthians, já que, com o empate, o time dependia do resultado em Goiânia.

O início do segundo tempo foi ruim para o Corinthians. Não em campo, mas pelo fato de o Goiás ter marcado contra o Inter, de pênalti, com Élson, após Paulo Baier errar duas cobranças e juiz mandar voltar todas elas.

Com a vitória do Goiás decretada no Serra Dourada, o Corinthians só teve motivos para lamentar. O time bem que tentou o gol da virada no segundo tempo, mas não conseguiu e ainda viu o Grêmio pressioná-lo.

GRÊMIO

Marcelo Grohe; Patrício, William, Léo e Bustos (Anderson Pico); William Magrão, Diego Souza, Ramón (Sandro Goiano), Tcheco (Tuta); Jonas e Marcel
Técnico: Mano Menezes

CORINTHIANS

Felipe; Fábio Ferreira, Zelão e Betão; Carlos Alberto, Bruno Octávio (Arce), Moradei, Vampeta (Héverton), e Éverton Ribeiro (Aílton); Lulinha e Clodoaldo
Técnico: Nelsinho Baptista

Local: estádio Olímpico, em Porto Alegre
Árbitro: Alício Pena Júnior (Fifa-MG)
Auxiliares: Aristeu Tavares (Fifa-RJ) e Alessandro Rocha (Fifa-BA)
Cartões amarelos: Jonas, Tcheco (Grêmio); Clodoaldo, Zelão, Betão (Corinthians)
Cartão vermelho: Héverton (Corinthians)
Gols: Jonas, aos 2min, Clodoaldo, aos 30min, do primeiro tempo

Fonte: Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Corinthians é rebaixado para a Série B"