Brasil confirma favoritismo e bate Coréia

Mesmo sem Jaqueline em quadra, a seleção brasileira mostrou uma boa atuação e venceu a Coréia do Sul neste sábado por 3 a 0, parciais de 25/15, 25/17 e 25/17. Com o resultado, a equipe chega a 13 pontos e se mantém no terceiro lugar da tabela, seguindo firme na briga por uma vaga nas Olimpíadas de Pequim (as três primeiras colocadas se classificam).

Agora, as meninas se preparam para enfrentar as dominicanas, neste domingo, às 07h05m (de Brasília). Já as coreanas, que somam 9 pontos, vão encarar outra pedreira, a equipe americana. A partida será realizada no mesmo dia.

O técnico Zé Roberto esperava ver Jaqueline em quadra, mas a ponteira, que se recupera de uma contratura na coxa direita sofrida na partida contra os Estados Unidos, continuou no banco de reservas. Com Sassá em seu lugar, a seleção só teve dificuldades no início do primeiro set, quando sofreu para se adaptar ao estilo veloz e à forte defesa das adversárias. No entanto, após o primeiro tempo técnico, o time verde e amarelo fez valer sua principal arma na competição, o saque, para abrir três pontos de diferença e fazer 10 a 7. A partir daí, as coreanas tiveram pouco espaço na partida. Com Fabi brilhando na recepção e um ataque afinado, a equipe de Zé Roberto chegou facilmente ao placar de 25 a 15.

O set seguinte começou muito mais equilibrado. A seleção caiu de produção, e os erros ajudaram as coreanas a sair para o primeiro tempo técnico com o placar de 8 a 7 a seu favor. Porém, a alegria do outro lado da rede durou pouco e as brasileiras conseguiram se acertar em quadra, abrindo quatro pontos de diferença. Tranqüila, a equipe passou a tentar aumentar sua vantagem, já que o ponto average (divisão dos pontos marcados pelos pontos sofridos) é um dos critérios de desempate da Copa do Mundo. Após uma bola para fora das adversárias, o objetivo foi cumprido e o Brasil fechou em 25 a 17.

Superior em quadra, o time brasileiro se desconcentrou, e deixou as coreanas encostarem no placar no terceiro set. Após uma bronca de Zé Roberto, que relembrou o fantasma da derrota de virada para as americanas, as meninas, que venciam por 16 a 12, retomaram o controle e administraram sua vantagem no jogo. As adversárias bem que tentaram parar o ataque brasileiro, mas com a força dos saques e da levantadora Fofão, que distribuiu muito bem as bolas e deu versatilidade à equipe, não teve jeito: a seleção venceu por 25 a 17.

Final: Brasil 3 x 0 Coréia do Sul (25/15, 25/17 e 25/17)

Fonte: Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Brasil confirma favoritismo e bate Coréia"