Brasil passeia em quadra e vence a Tailândia

Uma vitória para a seleção brasileira feminina de vôlei retomar a confiança abalada com a derrota de virada para os Estados Unidos. Assim pode ser classificada a fácil partida contra a Tailândia, nesta sexta-feira, em Kamamoto, contra a fraquíssima Tailândia, abrindo a terceira fase da Copa do Mundo do Japão. Os três sets a zero, com parciais de 25/12, 25/12 e 25/20, em 1h10 de jogo, demonstram a diferença entre as duas equipes. A líbero Fabi foi escolhida a melhor em quadra.

Na Copa do Mundo, as brasileiras chegaram à sua quinta vitória em seis jogos, enquanto que as tailandesas ainda não venceram. Esta também foi a quinta vitória do Brasil sobre a Tailândia nos cinco jogos que disputaram até hoje. A seleção brasileira volta à quadra neste sábado, às 7h05 (de Brasília), contra a Coréia do Sul, em Kumamoto, Japão, com transmissão ao vivo da Rede Globo e do SporTV.

Primeiro set

O Brasil começou sem Jaqueline, com um problema muscular na coxa, substuída por Sassá. Mas, como era de se esperar, a partida começou tranqüila para a seleção brasileira. Logo uma grande vantagem foi aberta, com 8 a 2, já que a diferença técnica entre as duas equipes é enorme.

Com o jogo inteiramente sob seu controle, com mais força no ataque e muito mais experiente, as brasileiras chegaram a 11 pontos de frente: 15 a 4 e posteriormente, 16 a 5. As inexperientes tailandesas desanimavam até seu próprio técnico, Nataphon Srisamutnak, e a diferença no placar se ampliou chegando a 22 a 9, quando Srisamutnak pediu tempo para tentar algo. Vieram dois pontos seguidos, mas para o Brasil fechar o set era só uma questão de tempo e ele acabou com uma cortada de Fabiana: 25 a 12.

Segundo set

Ao contrário do primeiro set, o segundo começou mais equilibrado. No primeiro tempo técnico, José Roberto Guimarães pediu que o bloqueio abra quando a bola estivesse um pouco afastada da rede. Mesmo com a partida um pouco mais difícil, o Brasil é que comandava o placar. E numa batida em paralelo na entrada de rede de Sassá, a seleção pôs 10 a 5 no placar.

A Tailândia esboçou uma reação com três pontos seguidos e manteve a desvantagem de dois, três pontos até que num bloqueio de Paula Pequeno, o Brasil chegou a 14 a 10. E num saque de Fabiana e posteriormente com uma jogada de Walewska, a vantagem passou a 16 a 10.

Daí em diante, o domínio brasileiro foi total e a facilidade obtida no primeiro set retornou. Com uma diagonal de Sheilla, o Brasil chegou a 22 a 11. Logo depois o Brasil fechou o set em 25 a 13.

Terceiro set

O time voltou desconcentrado como no jogo contra as americanas, e começou perdendo. Mas logo as brasileiras retomaram as rédeas do jogo e passaram a frente no marcador: 6 a 5. O primeiro tempo técnico veio com o Brasil vencendo por 8 a 6.

Novamente com o passar do tempo a seleção brasileira foi ampliando a vantagem no marcador e chegou a 16 a 11. José Roberto Guimarães pediu atenção na defesa, mas a concentração das brasileiras, porém, não era a mesma. Assim mesmo, a vitória chegaria sem qualquer problema e as jogadoras do Brasil sabiam disso.

Thaisa entrou bem e deu um pouco de motivação ao time brasileiro. A diferença no marcador foi crescendo novamente e chegou a 21 a 13. As tailandesas conseguiram fazer três pontos seguidos, mas Paula Pequeno, a maior pontuadora brasileira, com 16 pontos (quatro de bloqueio), pôs a casa em ordem novamente: 22 a 16.

No entanto, com várias reservas em quadra, a equipe brasileira encontrava dificuldades para fechar o jogo. Num bloqueio com Fabiana veio o match point: 24 a 19. A Tailândia fez um ponto, mas a partida acabou com 25 a 20 com um erro tailandês.

BRASIL – Fofão, Walewska, Paula Pequeno, Fabiana, Sassá e Sheilla. Líbero: Fabi.
Entraram: Thaisa, Natália e Fabíola.
TAILÂNDIA – Apinyapong Wilavan, Paladsrichuay Saymai, Thinkaow Pleumjit, Sittirak Onuma, Hyapha Amporn e Tomkom Nootsara. Líbero: Buakaew Wanna. Entraram: Kanthong Malika, Apinyapong Konwika, Khanan Narumon e Koijapo Piyamas.

Fonte: Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "Brasil passeia em quadra e vence a Tailândia"