São Paulo bate o Sport e é quase penta

O São Paulo entrou em campo sem chance de ser campeão neste domingo. Mas, jogando na Ilha do Retiro, em Recife (PE), o Tricolor praticamente garantiu o penta do Campeonato Brasileiro. A vitória de 2 a 1 sobre o Sport levou o São Paulo a 70 pontos. Agora, para ser campeão na próxima quarta-feira, basta empatar com o América no Morumbi. Já o Sport, que chegou a falar em Libertadores da América durante esse returno, fica mais ameaçado pela zona de rebaixamento com 43 pontos.

Com a opção do técnico são-paulino, Muricy Ramalho, por Dagoberto, Souza foi para o banco de reserva. Com Dagoberto, Aloísio e Leandro, mesmo com este último caindo mais pela direita, o Tricolor mostrou desde o início que ia com tudo para o ataque. E as chances não demoraram a aparecer. A primeira delas, depois de um cruzamento da esquerda, o zagueiro Breno chutou por cima do travessão e tirou o primeiro grito da torcida paulista.

O Sport não se intimidou e também foi buscar o gol. A velocidade de Carlinhos Bala era a principal aposta dos pernambucanos. Mas as suas tentativas paravam nos desarmes dos zagueiros ou nas defesas (uma delas milagrosa) de Rogério Ceni. Bala tentou de longe e de perto, por baixo e por cima… A zaga do São Paulo teve uma baixa importante, ainda no primeiro tempo, quando Alex Silva saiu macuhcado para a entrada de André Dias.

A rede da Ilha do Retiro foi balançar aos 27 minutos. Rogério Ceni bateu falta, com a precisão de costume, e Magrão teve a visão encoberta pela barreira. Quando ele pulou para fazer a defesa, já era tarde… Foi o gol de número 77 da carreira do goleiro tricolor, que ainda teve a chance de aumentar. Dez minutos depois, Durval derrubou Aloísio na área: pênalti! Ceni bateu forte, no canto, mas dessa vez Magrão levou a melhor e pegou.

O segundo tempo

Na etapa final, o Sport, ameaçado pela zona de rebaixamento e com o resultado negativo dentro de casa, se mandou ao ataque e passou a arrismar mais. Só que foi o São Paulo que chegou ao gol.

Aos 16, depois de uma bonita triangulação com Hernanes e Júnior, a bola sobrou livre para Aloísio. Dentro da área, ele dominou, driblou um zagueiro e completou para a rede: 2 a 0. Mas, quando o Leão parecia morto, um pênalti de Leandro em Dutra reanimou o Sport. Da Silva bateu e descontou. Mas a reação parou por aí…

Os são-paulinos, que gritaram mais uma vez “pentacampeão” extra-oficialmente, podem comemorar na quarta-feira, no Morumbi. Basta vencer o lanterna e rebaixado há muito tempo América. Alguém duvida?

Fonte: Globoesporte.com

Seja o primeiro à comentar em "São Paulo bate o Sport e é quase penta"