STJD: Araguaína ganha, mas não leva no Tapetão

O sonho de Sampaio e Imperatriz de voltar a disputar o Campeonato Brasileiro Série C acabou agora a pouco. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva decidiu por 4 votos a 3 não aceitar o embargo de declaração proposto pelo Araguaína-TO.

A votação seguia normalmente com 3 a 2 em favor do Araguuaína, mas o voto do presidente do STJD, Rubens Aprobato mudou tudo. Aprobato votou no sentido de devolver os pontos ao Araguaína, mas contrário à reintegração do time tocantino na competição. O voto do presidente tem peso dois e por isso, a votação terminou em 4 a 3..

– Mais uma vez ganhamos e não levamos. É uma decisão um tanto estranha – afirmou o advogado Rogério Freire.

Seja o primeiro à comentar em "STJD: Araguaína ganha, mas não leva no Tapetão"