Vasco vence e Abuda marca

Maranhense abuda marcou o primeiro gol com a camisa do Vasco da Gama

O Vasco não tomou conhecimento do Atlético-PR na Arena da Baixada e conseguiu uma bela vitória de 4 a 2 atuando em Curitiba, na estréia das duas equipes na Copa Sul-Americana deste ano. O resultado deixa os cariocas com a vantagem de perder por até dois gols de diferença no jogo de volta – desde que o Furacão marque no máximo três -, no Rio de Janeiro, já que o gol feito fora de casa é critério de desempate na competição.

O time de São Januário entrou em campo recheado de reservas. Aproveitando-se disso, o time da casa começou pressionando. Mas via em Silvio Luiz uma barreira difícil de ser superada. Como em chute forte de Netinho do bico esquerdo da pequena área, aos oito minutos, que o goleiro espalmou para escanteio. Na cobrança, Marcelo cabeceou no cantinho, e o camisa 1 saltou para fazer a defesa, sem dar rebote.

Mas um chute despretensioso de Dinei aos 23 minutos mostrou que a barreira não era tão forte assim. O atacante rubro-negro arriscou da intermediária, Silvio Luiz caiu para fazer a defesa, e a bola passou por baixo de seus braços. Frango que deixou o Furacão em vantagem.

Contra-ataques valiosos

Aos poucos, o Vasco começou a acertar os contra-ataques. E mesmo atacando menos, conseguiu ser mais eficiente nos 45 minutos iniciais. Aos 32, Amaral toca para Abuda, que não dominou. Rubens Junior acabou ficando com a sobra, entrou na área e chutou na saída do goleiro para empatar.

Seis minutos depois, a virada. Marcelinho encontrou Abuda na entrada da área. O atacante dominou e soltou uma bomba, sem dar chances ao goleiro Viafara. Em três finalizações no primeiro tempo, o Vasco fez dois gols. O Atlético precisou de nove para marcar um.

Nem mesmo o belo lance de Ferreira – que terminou em uma péssima finalização do colombiano – foi capaz de esmorecer a vontade dos jogadores cruzmaltinos. Principalmente os reservas que estavam jogando.

É raça pura!

Andrade, talvez o que tem mais chance de se tornar um titular, era a cara do que era o Vasco na partida. Cara e sangue. Com um corte no supercílio, ele não quis deixar o jogo no intervalo. Após levar cinco pontos, voltou para a etapa final a tempo de marcar o terceiro. Uma cobrança de falta como nos velhos tempos: pancada no cantinho direito.

Antes de, enfim, sair, o volante ainda mandou uma bola no travessão. Já estava bom. Exausto, ele saiu para a entrada de Vilson. Conca foi outro que entrou no segundo tempo. O argentino marcou aos 35 minutos o quarto da goleada carioca, exatamente na competição em que se destacou e chamou a atenção dos times brasileiros.

O Atlético tentou de tudo. Fez as três alterações a que tinha direito, mas não teve jeito. Só conseguiu diminuir um pouco a vantagem carioca com um gol de Alan Bahia no fim da partida em mais uma falha do goleiro vascaíno.

Fonte: Globoesporte.com

Uma resposta para "Vasco vence e Abuda marca"

  • Eurico Pacifico

    Caro Amigo Zeca Soares,
    Parabéns pelos belos comentários e informações do seu Blog, tenho sido um leitor assíduo.
    Gostaria apenas de fazer um pedido que você também comente as “poucas” mais importantes vitórias do meu FLAMENGO, tem que ser com a mesma paixão feita por você de quando é um jogo do TEU vasco.
    Um forte abraço,
    Eurico Pacífico