Palco para a grande festa já está pronto

Olhos e corações abertos para o Pan

Jogos começam oficialmente nesta sexta, às 17h, com espetáculo do Maracanã

Olhares de 42 países das Américas estarão voltados para o Rio de Janeiro nesta sexta-feira, às 17h, quando começa a cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos. Palco de grandes momentos do futebol, o Maracanã, como um coração de mãe, abrigará 95 mil pessoas, entre público, autoridades, dançarinos, voluntários, técnicos e atletas de 41 esportes. A Rede Globo e o SporTV transmitirão ao vivo. O GLOBOESPORTE.COM acompanhará em Tempo Real a partir das 16h.

O espetáculo, previsto para ter 2h40m de duração, promete mostrar o jeito brasileiro não apenas no esporte. A direção artística é de Rosa Magalhães, supercampeã no carnaval carioca. E referências à maior manifestação cultural brasileira não vão faltar. Do samba do Rio de Janeiro ao frevo e maracatu de Pernambuco. Todos terão espaço.

Para mostrar um pouco da grandiosidade do Brasil, foram chamados 4,5 mil voluntários. Eles, dançarinos ou não, foram ensaiados pelos coreógrafos brasileiros Renato Vieira, Carlota Portela e Lola Gabriel, e pelos americanos Bryn Walters e Doug Jack.

O show terá 5,365 mil fantasias completas de 56 modelos diferentes e 155 alegorias em 24 modelos. Serão mil luzes movidas por computador e 11 mil disparos de fogos de artifício de 127 pontos.

Antes do início da festa, DJs vão animar as arquibancadas. A cerimônia começa com a chegada do presidente Lula e a execução do Hino Nacional Brasileiro. Depois, a apresentação da música “Viva essa energia”, o desfile dos atletas, o show artístico, os discursos, a declarações de abertura, o hasteamento das bandeiras, o juramento do atleta e do árbitro e, por fim, o acendimento da pira.

“O Pan será um evento diferenciado. Além de representar o país, tenho uma responsabilidade ainda maior por correr em casa, ao lado da torcida.”

O Brasil será a última delegação a desfilar. A honra de carregar a bandeira será do maratonista Vanderlei Cordeiro.

– O Pan será um evento diferenciado. Além de representar o país, tenho uma responsabilidade ainda maior por correr em casa, ao lado da torcida. É um estímulo a mais para chegar ao objetivo, que é a conquista da sonhada medalha de ouro – diz.

A cerimônia de abertura em detalhes:

Os ensaios

O diretor da cerimônia e vice-presidente de entretenimento da Disney, Scott Givens, em ensaio aberto à imprensa, no dia 12 de junho, pediu ao público que vestisse roupas brancas, afirmando que seria de suma importância para o desenrolar do espetáculo.

O palco

O palco da abertura do Pan tem uma base estrutural com o formato helicoidal (caracol). O projeto foi apresentado no dia 25 de junho. Com a ajuda cênica de luzes, o palco vai assumir outras formas no espetáculo. O cenógrafo e designer Luiz Stein, diretor artístico da cerimônia, é um dos envolvidos na criação da base, que tem diversas rampas para a performance dos bailarinos. São 28m de diâmetro por 5m de altura.

A pira

A peça que será acesa na cerimônia de abertura do Pan e tem formato arredondado foi apresentada no dia 28 de junho. A primeira maquete foi feita em papel-alumínio, e a segunda, com lata de cerveja. A pira oficial, feita de alumínio, tem 6m de diâmetro, 6m de altura e pesa cinco toneladas. Do cone central, partem outros oito cones, que simbolizam os raios de sol. Para manter a grande pira acesa durante a festa de abertura, serão queimados 750Kg de gás líquido de petróleo, a uma temperatura que varia entre 100 e 400 graus.

O Hino

A composição, que é uma espécie de “sambão”, intitulada “Viva essa energia”, será interpretada pelo paulista Arnaldo Antunes e pela carioca Ana Costa. A cantora recebeu o convite do produtor musical Alê Siqueira, diretor artístico musical das cerimônias de abertura e encerramento do Pan. A música-tema é composta por Arnaldo Antunes e Liminha. Haverá ainda uma única música para entrada de todos os atletas. Escute o hino!

Figurinos

As cores da bandeira brasileira serão destaque no figurino da abertura do Pan tanto para os bailarinos quanto para os atletas. O figurino dos bailarinos é variado, e, com a ajuda de adereços, vai compor o tom da festa. Os uniformes da delegação brasileira serão “bem brasileiros”. As cores predominantes são o verde, para simbolizar a natureza, e o branco, significando a paz.

Desfile de atletas

Antígua e Barbuda seria a primeira delegação a desfilar no Pan se o critério fosse ordem alfabética, mas Argentina será a estreante, por ter sido a primeira sede dos Jogos, em 1951. Depois o desfile seguirá a ordem alfabética, sem inserir o Brasil, o último a se apresentar por ser sede desta edição.

Personalidades

Algumas personalidades já estão confirmadas no evento. O presidente da República não só vai participar da abertura do Pan como terá uma visão privilegiada do espetáculo. Natália Guimarães, a miss Brasil e vice-campeã do Miss Universo, vai desfilar no evento.

Números da cerimônia:

400 Orientadores de público estarão no Maracanã para auxiliar o público a localizar os assentos corretos

971 Agentes da Força Nacional farão a segurança no estádio. O efetivo é integrado por agentes de todos os estados do país

460 Guardas municipais estarão na área do Maracanã

112 Magnetrômetros (detectores de metais) serão usados nas entradas do estádio. Eles têm capacidade de vistoriar 300 pessoas por hora, por detectores de metais e aparelhos de Raios X

4.500 Artistas participarão da festa de abertura. Todos voluntários

250 Pessoas na equipe (staff) – 97% da mão-de-obra brasileira

300 Pessoas de força de trabalho

1.020 Voluntários de suporte de backstage

5.365 Fantasias completas

155 Alegorias

6.000 Sapatos

Seja o primeiro à comentar em "Palco para a grande festa já está pronto"