Fortaleza volta à liderança da Série B

Atuação do trio maranhense é elogiada pela imprensa

Fortaleza e Santa Cruz fizeram, nesta sexta-feira, um jogo movimentado pela quarta rodada da Série B. Na partida dos homônimos de famosos – Getúlio Vargas, Luiz Gonzaga e Cícero Romão -, o time cearense se deu melhor: 2 a 1. Os gols foram marcados por Ricardinho e Cesar. Marco Antônio descontou. Com este resultado, o Tricolor de Aço fica, provisoriamente, na liderança da Segundona, com nove pontos.

Desde o início, a partida foi muito truncada. As equipes, muito preocupadas com o sistema defensivo, pouco criavam. Por isso, as melhores chances saíam de lances de bolas paradas, principalmente em cobranças de falta.

E elas não foram poucas. Os times abusavam das faltas, na maioria, marcadas em cima pelo competente juiz Luiz Gonzaga, homônimo do tradicional músico pernambucano. Numa dessas cobranças, a bola foi alçada na área do Fortaleza e Getúlio Vargas, homônimo do ex-presidente, quase fez atravessar o baião do Tricolor de Aço.

O ex-flamenguista espalmou a bola para dentro da área e Marco Antônio, num volêio desengonçado, pôs a bola para o fundo do gol. Mas o auxiliar Cicero Romão, outro homônimo desta partida (tem o mesmo nome do Padre Cícero), deu uma de santo para o Fortaleza e anulou o gol, alegando impedimento.

Quase no final do primeiro tempo, Ricardinho, do Fortaleza, atirou-se na área, pedindo pênalti, mas só conseguiu ganhar cartão amarelo. Mas o gol da partida tinha mesmo de sair por meio de parada.

Rogerinho dominou na entrada da área, costurou a defesa do Santa Cruz e deu bela assistência de letra para Izaías, que foi derrubado, dentro da área, por Cesar Baiano: pênalti. Ricardinho bateu no canto oposto ao que caiu Gotardi.

O jogo seguiu no mesmo panorama. Logo, um novo gol só poderia surgir em outra bola parada, mais especificamente por meio de outra penalidade máxima. Pênalti que não poderia ter vindo em hora pior para o Tricolor de Aço: Ricardinho havia sido expulso no minuto anterior. Na cobrança, Marco Antônio deslocou o goleiro com categoria: 1 a 1.

O Santa foi para cima e só não marcou por causa de um milagre. Dessa vez, não do bandeirinha, porém do volante Cocito, que tirou em cima da linha um chute de Carlinho Paraíba.

Mas quem ganhou a benção do céu foi o Fortaleza. No final da partida, Luiz Gonzaga viu pênalti de Alan, que tocou a mão na bola. Melhor para Cesar, que liquidou a fatura já nos acréscimos: 2 a 1.

Na próxima rodada, o Fortaleza enfrenta seu arqui-rival, o Ceará, no Presidente Vargas. Já o Santa Cruz joga contra o Marília, fora de casa.

Fonte: GloboEsporte.com e agências denotícias
Foto: Agência/Lance

Uma resposta para "Fortaleza volta à liderança da Série B"

  • Anônimo

    Zeca!!! o santinha foi prejudicado pelo juiz da partida, falando nisso na 1ª divisão os clubes do nordeste estão sendo garfado escadalosamente pelos juizes, pricipalmente o naútico,(ontem contra o inter foi garfado mais uma vez), a cbf ameaçou punir o diretor do naútico se ele se manifestar, estou começando a achar que os rebaixados já estão determinados isto é jogo de carta marcada, quando o roubo é contra as equipes do rio e do sul eles punen os juizes como foi com a juiza ana paula que vai apitar jogo da 4ª divisão paulista por que errou contra o botafogo, é por essas e outra que sou a favor de dividir o brasil.