Copa 2014: cidades entregam propostas


Vinte e uma candidatas apresentam seus projetos à CBF

Terminou nesta quinta-feira, 31 de maio, o prazo dado pela CBF às cidades que disputam o direito de receber os jogos da Copa de 2014, que será provavelmente realizada no Brasil.

No total, 21 candidaturas apresentaram seus projetos: Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Manaus (AM), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Recife/Olinda (PE), Rio Branco (AC), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São Paulo (SP) e Teresina (PI).

Três cidades de São Paulo – Barueri, Guarulhos e Jundiaí – garantem que responderam o formulário e entregaram o projeto à CBF no prazo estipulado, mas não constam da lista divulgada pela confederação.

O Brasil é candidato único a receber a Copa de 2014, mas precisa aguardar o anúncio oficial da Fifa, previsto para novembro deste ano.

Veja o cronograma de ações da Fifa e da CBF até o anúncio das sedes

31 de julho: CBF pré-seleciona 18 entre as 22 candidaturas

Setembro: Técnicos da Fifa fazem a primeira visita oficial às cidades

30 de novembro: Fifa confirma ou veta o Brasil como sede da Copa de 2014

Julho de 2008: Anúncio oficial das sedes (entre dez e 14) da Copa de 2014

O documento exigido pela CBF se baseia no caderno de encargos da Fifa. As principais orientações da entidade dizem respeito a aspectos como condições dos estádios, serviços médicos, rede de transportes, segurança, preservação do meio-ambiente e condições metereológicas.

As cinco regiões do país têm representantes interessados em participar do Mundial. Cada cidade teve que indicar somente um estádio e esclarecer se este será reformado ou se um novo será construído. Foge à regra a candidatura de Pernambuco, que está sob responsabilidade conjunta de Recife e Olinda.

Seja o primeiro à comentar em "Copa 2014: cidades entregam propostas"