É hora de pensar na Série C

O Imperatriz tem a obrigação de começar a pensar no assunto, mas as outras equipes terão que esperar um pouco, pelo menos até o final do 2º turno da Taça Cidade de São Luís. Quero falar neste post a respeito da participação dos nossos clubes no Campeonato Brasileiro Série C.

Faltando praticamente três meses para o início da competição da CBF, pelo menos o Imperatriz que já tem a sua vaga garantida deve iniciar o planejamento daquilo que pode ser a salvação do futebol maranhense que é o acesso à Série B.

Não podemos perder tempo. Teremos adversários que não respiram outra coisa como é o caso do Paysandu-PA, São Raimundo-AM, Bahia-BA, Treze-PB, Vila Nova-GO, Guarani-SP, entre outros. E nos últimos anos, sequer conseguimos vencer times modestos como Limoeiro-CE, Abaeté-PA, Ananindeua-PA e Tocantinópolis-TO.

A fórmula de disputa da Série C será a mesma de 2006. Nas três primeiras fazer os clubes serão divididos em grupos de 4. Na fase final, oito equipes disputam o acesso num octogonal no sistema de ida e volta.

As nossas equipes precisam pensar grande. Precisam pensar por exemplo como em 1997 quando o Sampaio sagrou-se campeão brasileiro invicto. Ou como o Moto em 1996 quando chegou na 6ª colocação da Série B e por pouco não disputou o quadranqular poderia ter o levado à tão sonhada 1ª divisão do futebol brasileiro.

Público não vai faltar. Com grandes equipes, os estádios certamente ficarão lotados e as nossas chances de retornar à Série B deverão aumentar. Por isso, os dois representantes maranhenses na terceira divisão deverão planejar o retorno à elite do futebol e não apenas uma simples participação como tem ocorrido nos últimos dez anos.

E quero lembrar. Ainda faltam três meses para a bola rolar. Que tal começar a pensar no assunto a partir de agora?

Uma resposta para "É hora de pensar na Série C"

  • Anônimo

    Concordo plenamente com vc Zeca.
    O mais importante para o Sampaio Correa é o brasileiro. A nível estadual, só mesmo a conquista da vaga. Ser campeão, talvez, para garantir as despesas. Mas a torcida só espera o brasileiro. Aí é com a diretoria. A torcida vai ao estádio, pode esperar.
    Abraço!

    RESPOSTA: Não vejo outro caminho. Temos que voltar para a Série B. Só assim o futebol maranhense sairá do buraco.