O atendimento está péssimo

Vou falar hoje de um assunto que considero muito importante para a nossa cidade que é o turismo. Tenho aproveitado bastante as férias nas praias de São Luís e constatado o péssimo atendimento nos bares. A falta de higiene é geral. Você faz um pedido e espera por quase uma hora. As músicas são de péssimas qualidade e por aí vai.

Na semana passada, um turista perguntava sobre as comidas típicas a um garçon. “Quero comer um prato aqui do Maranhão”, dizia. Fui surpreendido com a resposta: “A nossa carne de sol é muito boa”. O turista respondeu: “Carne de sol? Você acha que vim de Minas para o Maranhão para comer carne de sol?”. No final do diálogo, o turista mineiro preferiu mesmo o nosso bom e conhecido caranguejo.

No domingo aconteceu comigo mesmo. Ao chegar à praia havia acabado de chover. Chamei uma garçonete e pedi que enxugasse a cadeira. Estava com mais oito pessoas. Ela enxugou duas cadeiras e a mesa e saiu. Então disse: “Ainda faltam essas aqui”. Ela respondeu: “Esse pano não é meu. Tenho que devolver é da minha colega.” Respondi: “Pega outro, por favor e vem enxugar as outras cadeiras que estão molhadas”. Alguns minutos depois um rapaz veio e enxugou todas as cadeiras.

Certa vez tomei um táxi do Tropical Shopping para o meu apartamento no Renascença. Tinha acabado de fazer compras no supermercado. Colocamos as compras na mala do carro e entrei no veículo. Quando disse ao motorista o destino foi aquela decepção. Vocês nem imaginam o que ouvi: “Se eu soubesse que era para lá não teria aceito a viagem”. Fui rápido: “Mas o senhor não pode escolher o cliente só porque ele mora perto ou longe”. Ele disse: “Vou perder a vez de fazer uma viagem que seja mais vantajosa”. Ao sair do táxi disse a ele que iria procurar o Sindicado deles e contar como foi o atendimento. Anotei a placa do veículo e no mesmo dia fiz a ligação. Não sei o que aconteceu depois, mas acho que não aconteceu nada.

São três exemplos claros de total despreparo, o mais grave deles foi o caso do taxista. Para uma cidade que tem a vocação natural para o turismo isso não é nada animador.

É importante que estes e outros profissionais conheçam bem a nossa cidade e que atendam bem a nós e aos visitantes. Que eles saibam como ninguém a importância daquela máxima: “Trate bem o turista que ele volta”. E o retorno dele significará a satisfação de ter sido bem recebido na cidade que é Patrimônio da Humanidade.

Uma resposta para "O atendimento está péssimo"

  • Anônimo

    Zeca, muito oportunas as suas colocações sobre o atendimento e a prestação de serviços em São Luís. Se a cidade quer crescer, tem que estar preparada para servir bem. Devíamos seguir o exemplo dos chilenos, que fazem de tudo que o turista deixe o país encantado com os serviços – das estradas bem asfaltadas e sinalizadas aos guias turísticos, que não medem esforços para mostrar as belezas de seu país.
    Abs,
    Viviane