Hora de decisão


A vitória com sabor de derrota dentro de casa enterrou de vez o sonho do Cavalo de Aço em conquistar o bicampeonato. O Imperatriz venceu o o Chapadinha por 2 a 1, mas como havia perdido a partida de ida em Chapadinha por 2 a 0 está totalmente eliminado do Campeonato Maranhão.

E a eliminação aconteceu dentro do Frei Epifânio D’Abadia, onde até o ano passado, o Imperatriz parecia imbatível. A desclassificação põe fim no ciclo de muitos jogadores que participaram da campanha vitoriosa de 2005, mas que não conseguiram repetir as mesmas atuações nesta temporada.

As coisas também não foram fáceis para o Sampaio. O time Tricolor garantiu a sua classificação para a final do 2º turno com dois empates de 1 a 1 com o estreante Santa Quitéria. Foi como disse o técnico Gilson Kleina: “Jogamos com o regulamento debaixo do braço”.

Muita gente até já esqueceu, mas é preciso lembrar que o Sampaio quase ficava de fora do campeonato. O time só começou a disputar os seus jogos dois meses de bola rolando. Depois, ao final do 1º turno, treze jogadores deixaram o clube misteriosamente.

Agora, apenas três clubes poderão conquistar o título de campeão maranhense. Sampaio e Chapadinha que começam a decidir o 2º turno a partir desta quarta-feira e o Moto que conquistou o 1º turno e já está garantido na grande final.

Não vou falar de favoritismo desta ou daquela equipe. O Sampaio é quem tem a vantagem na decisão do 2º turno e se chegar à decisão contra o Moto, também levará a vantagem e jogará por três resultados iguais. Portanto, na prática o Sampaio precisa empatar os seis próximos jogos para sagrar-se campeão maranhense em 2006.

Seja o primeiro à comentar em "Hora de decisão"