Adversários usam site falso para publicar mentiras sobre Iracema Vale

Um site falso, registrado no CNPJ de uma empresa atacadista de Manaus já extinta, está publicando informações mentirosas sobre a deputada Iracema Vale. Mas, a ‘façanha’ da página “o tabuleiro político”, que parece coisa de principiante, foi logo denunciada.

Ressalte-se que ficou constatado que a empresa do ramo atacadista não é dona do referido site e foi usada de forma fraudulenta.

O ‘feito’ está sendo atribuído aos adversários da deputada em Barreirinhas, pois estes permanecem calados diante do crime de fake news, como a concordar com o que foi publicado.

Ao publicar mentiras, a intenção clara do site, que publicou até pesquisas fraudulentas, era interferir na opinião pública em Barreirinhas e prejudicar exclusivamente Iracema Vale e seu grupo no município.

As devidas providências estão sendo tomadas junto à polícia e Justiça para que os responsáveis recebam a punição pelo crime cometido.

Fotos: Divulgação

Publicidade

Justiça obriga Estado a definir critérios para promoção de militares

Em atendimento a pedido do Ministério Público do Maranhão, a Justiça concedeu liminar, nesta quinta-feira, 11, para obrigar o Estado do Maranhão a utilizar parâmetros objetivos para as promoções nas carreiras da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

A Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís determinou que a Comissão de Promoção de Oficiais do Comando Geral da Polícia Militar publique o Boletim Reservado Especial para as promoções do mês de abril de 2024. Nesse documento deve figurar somente os militares que comprovaram a conclusão dos respectivos cursos de formação e/ou aperfeiçoamento, como requisito para as patentes militares pretendidas, conforme preconiza a Lei Orgânica Nacional das Polícias Militares (Lei nº14.751/2023).

Assinada pelo juiz Francisco Soares Reis Júnior, a decisão liminar prevê, ainda, que o Comando da Polícia Militar apresente o nome dos militares que compõem a Comissão de Promoção de Oficiais, presidida pelo comandante- geral, bem como o relatório da referida comissão com os parâmetros utilizados para o cômputo das pontuações e a respectiva fundamentação.

Todas as medidas devem ser cumpridas no prazo de cinco dias úteis, sob pena de pagamento de multa diária de R$ 5 mil. O montante será revertido ao Fundo Estadual de Segurança Pública e Defesa Social.

Autor da ação, o promotor de justiça Paulo Roberto Barbosa Ramos, titular da 2ª Promotoria de Justiça Especializada Militar, defende o imediato cumprimento da lei para que as promoções na carreira da Polícia Militar do Maranhão obedeçam a parâmetros legais e republicanos. “Assim, estaremos evitando qualquer tipo de apadrinhamento ou influências políticas, fatos que corroem as bases da estrutura que deve reger esse tipo de corporação: hierarquia e disciplina, além da seriedade, responsabilidade e lealdade institucional”, observou.

Foto: Divulgação

Publicidade

Sedel realiza entrega dos kits do Bolsa Atleta na próxima semana

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), realiza na quarta-feira (17), às 17h, a solenidade de entrega dos kits do programa Bolsa Atleta 2024. O evento acontecerá no auditório do Palácio Henrique de La Rocque e contará com a presença do governador Carlos Brandão e do vice-governador Felipe Camarão.

Ao todo, 119 atletas e paratletas, entre estudantes dos ensinos Fundamental e Médio, de 10 a 17 anos, e estudantes do ensino Superior, de 18 a 25 anos, foram contemplados. O programa vai beneficiar este ano 16 municípios maranhenses em 17 modalidades esportivas.

“Este ano temos algumas novidades positivas no programa. Ampliamos a oferta de bolsas, passamos de 100 para 130 vagas e também ampliamos as vagas para pessoas com deficiência, que passaram de 5% para 10% das bolsas”, disse o secretário do Esporte e Lazer, Naldir Lopes.

Bolsa Atleta

O programa Bolsa Atleta tem como objetivo principal beneficiar atletas e paratletas de alto rendimento com o auxílio financeiro mensal que deve ser utilizado no custeio de despesas relacionadas à prática desportiva, como transporte, alimentação, inscrições e aquisição de materiais.

O edital de 2024 é o maior da história e contempla 119 atletas e paratletas, 37 a mais que no último. 10% do total das vagas foram direcionadas exclusivamente para pessoas com deficiência, como parte da política de inclusão social do esporte. O investimento total do Governo do Maranhão no programa é de R$ 1.800.000.

Foto: Marcelo Rodrigues

Publicidade

Maranhão passa nos pênaltis e vai à decisão com o Sampaio

Mais uma vez foi nos pênaltis. Assim como foi no ano passado, o MAC mais uma vez conquista a vaga para decidir o Campeonato Maranhense nos pênaltis.

No primeiro jogo diante do Tuntum, o MAC perdeu por 1 a 0, mas deu o troco e venceu, nesta quinta-feira no Estádio Castelão, por 2 a 1, com gol de Felipe Cruz.

O MAC fez 1 a 0 com Felipe Cruz e ampliou com Ronald Camarào, mas um gol do Tuntum no fim do jogo, aos 51 minutos, com Richard, levou a decisão para os pênaltis.

A decisão da vaga na final foi para as cobranças de pênaltis e depois do empate em 5 a 5, o MAC fez 6 a 5, na cobrança de Adeílson e fez justiça à melhor campanha no Estadual.

O adversário do Maranhão na decisão será o Sampaio que despachou o Imperatriz com dias vitórias (2 a 0 e 3 a 0). A primeira partida será no domingo (12), às 16h, no Estádio Castelão sem vantagem para MAC ou Sampaio.

Foto: Iury Oliveira

Publicidade

PL de Iracema Vale reforça importância do ato de amamentar

A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, na sessão plenária desta quinta-feira (11), o Projeto de Lei nº 045/2024, de autoria da presidente da Casa, deputada Iracema Vale (PSB), que institui a Semana de Conscientização e Incentivo à Amamentação no Estado. De acordo com a matéria, o evento tem início no dia 19 de agosto, data em que é comemorado o Dia Estadual de Amamentação.

“Com esta iniciativa, reafirmamos o compromisso do Estado do Maranhão com a promoção da saúde materno-infantil, o respeito aos direitos das mulheres e o fortalecimento da cultura da amamentação em nossa sociedade”, ressaltou a chefe do Legislativo maranhense.

A proposição, que segue para sanção governamental, estabelece que as instituições de saúde poderão promover estratégias com a finalidade de conscientizar as mães sobre a importância da amamentação, uma vez que as crianças ficam mais protegidas de doenças infecciosas, além de ser o alimento mais completo para promover o desenvolvimento infantil.

A matéria destaca que o leite materno sempre terá a temperatura ideal e não há a possibilidade de ser contaminado por bactérias. Em razão dos vários benefícios, a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que o bebê seja alimentado exclusivamente com o leite materno até os seis primeiros meses de vida e até os dois anos de forma complementar.

“A Semana de Conscientização e Incentivo à Amamentação será uma oportunidade para sensibilizar a população sobre os benefícios donato de amamentar, promover ações de apoio e incentivo às mães lactantes e disseminar informações sobre os direitos das mulheres trabalhadoras lactantes”, afirmou a deputada Iracema Vale.

Para viabilizar as ações, segundo a proposição, o Poder Público Estadual poderá realizar parcerias com entidades e órgãos públicos, organizações da sociedade civil, fundações de direito público ou privado, além de instituições de saúde.

Foto: Biaman Prado

Publicidade

Ricardo Arruda destaca papel da Comissão de Direitos Humanos

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e das Minorias da Assembleia Legislativa realizará reunião extraordinária no dia 24 de abril, às 8h, na Sala das Comissões, para definir pauta de trabalho com representantes de entidades da sociedade civil organizada e governo.

A deliberação foi tomada na primeira reunião da comissão, presidida pelo deputado Ricardo Arruda (MDB), realizada nesta quinta-feira (11), na Sala das Comissões. Participaram também os deputados Júlio Mendonça (PCdoB) e Carlos Lula (PSB).

Na oportunidade, Ricardo Arruda destacou a importância da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e das Minorias e a metodologia de trabalho a ser desenvolvida.

“Esta é uma comissão de muita importância porque abarca temas de grande relevância para a sociedade em geral. Nossa intenção é construir uma pauta de debates de forma democrática com os representantes da sociedade civil e do governo. Para tanto, vamos nos reunir ordinariamente todas as terças-feiras, às 16h”, ressaltou.

Ricardo Arruda, acrescentou que, além das matérias legislativas referentes à apreciação e deliberação da Comissão, serão abordados temas relacionados aos direitos humanos pautados pelos movimentos organizados da sociedade que estão a merecer a atenção dos poderes constituídos.

Foto: Agência Assembleia

Publicidade

Deputado Rafael destaca avanços na área da saúde no Maranhão

Em pronunciamento na sessão plenária desta quarta-feira (10), o deputado Rafael (PSB) destacou os avanços na área da saúde no Maranhão, apesar do alto custo da rede para o Executivo Estadual. O parlamentar disse, ainda, que o setor, que tem recebido atenção continuada do governador Carlos Brandão, obedece a uma política descentralizada, que leva aos municípios diversas especialidades médicas, bem como uma importante infraestrutura com leitos de UTI e oferta de exames.

O deputado destacou que a rede de saúde do Maranhão tem um custeio mensal de R$ 300 milhões e só recebe R$ 46 milhões de contrapartida do Governo Federal. “O Maranhão tem a pior renda per capta do Brasil, mas a nossa rede é uma das maiores do país. Nós temos leitos de UTI em 10 municípios do estado, leitos de UTI neonatal, ressonância magnética, temos hemodinâmica aqui na capital e já fiz uma indicação ao governador do Estado para que coloquemos uma máquina de hemodinâmica também para os pacientes cardiológicos na região leste do estado. Mas nada disso vai se sustentar se nós não debatermos a fundo a questão do subfinanciamento”, destacou Rafael.

O parlamentar ressaltou que, apesar das dificuldades financeiras, o governo estadual tem trabalhado para garantir acesso da população aos serviços de saúde, levando mutirões de cirurgias a diversos municípios, possibilitando acessos a UTI e outras ações, mas que alguns municípios não têm feito sua parte.

“Tem muitos municípios que estão deixando de fazer cirurgias, não prestam mais atendimento especializado à população, repassando toda a carga da saúde para as costas do governo do Estado, com a alegação de que este tem mais recursos. A União também tem e nem por isso a gente deixa de atender os nossos pacientes”, pontuou o parlamentar.

Ele lembrou, ainda, do caso de Teresina, capital do vizinho estado do Piauí, que atendia muitos pacientes do Maranhão e, também, do Pará, mas que, atualmente, tem sua maior demanda em pacientes provenientes do interior do próprio Piauí. “Eles não tiveram a mesma competência que o governador Flávio Dino e o nosso governo Carlos Brandão para descentralizar dos serviços de saúde”.

Diante das circunstâncias expostas, o deputado ponderou a necessidade de a Assembleia Legislativa discutir o financiamento da saúde pública no Maranhão, inclusive o aporte do governo federal para a área. “É esse o grande debate. Precisamos voltar a essa discussão e buscar mais recursos para que possamos ter o equilíbrio das contas com o serviço prestado à população”, finalizou o parlamentar.

Foto: Divulgação

Publicidade

Carlos Lula evita fim de projeto social com 39 anos de atividade em São Luís


Criado há quase 40 anos pela bailarina, maestra e coreógrafa Olinda Saul, o Projeto Dança Criança ensina gratuitamente ballet clássico e contemporâneo para estudantes da rede pública de ensino do Maranhão. Em 2018, o projeto contou com ajuda do Governo do Estado através da Lei de Incentivo à Cultura, oferecendo 300 vagas de bolsa integral para jovens de 12 a 20 anos. Em agosto de 2020, a escola ganhou uma nova sede, localizada no prédio histórico da REFFSA, local onde as audições também são realizadas.

Atualmente, a sede do Projeto passa por problemas estruturais, como falta de água e banheiros interditados, colocando em risco a continuidade das atividades e prejudicando cerca de 300 crianças e adolescentes. Para evitar que a suspensão das atividades, o deputado estadual Carlos Lula (PSB) viabilizou uma sede provisória e intermediou, junto ao Governo do Estado, o Certificado de Mérito Cultural (CMC) para a continuidade da garantia dos benefícios da Lei de Incentivo à Cultura.

“O projeto é um orgulho para nosso estado, ele sempre irá sobreviver. As crianças terão um novo espaço e já garantimos o certificado que assegura os benefícios da Lei de Incentivo à Cultura. São mais de 300 sonhos. A sobrevivência desse projeto é uma exigência coletiva, nós, como sociedade, não iremos permitir que esse ele se encerre. Agradeço ainda ao Governo do Estado, em nome do secretário Orleans Brandão, que está conosco nessa causa”, disse Carlos Lula.

Para a coreógrafa Olinda Saul, a atuação do deputado estadual salvaguardou o projeto e representa a garantia de um futuro profissional para centenas de crianças. “Carlos Lula foi de importância fundamental para o projeto Dança Criança, pois ele estava na eminência de acabar, por falta de um espaço adequado. Estávamos sem a Lei de Incentivo, então ele se dispôs a ajudar e hoje já temos o nosso certificado. Ele salvou um sonho de mais de 300 alunos e uma escola de formação profissional, pois o projeto forma bailarinos e manda para o mercado de trabalho”, contou.

Além de uma opção de lazer, a dança também representa uma oportunidade de qualificação profissional para as crianças e adolescentes beneficiados que queiram seguir carreira nas artes. Sem a Lei de Incentivo à Cultura, muitos projetos, como o ‘Dança Criança’, seriam extintos no Maranhão.

“A Lei de Incentivo é de extrema importância para os projetos sociais, sejam na área de educação, dança ou esportes. Esse aporte financeiro é muito importante para que os projetos sobrevivam, nós precisamos disso”, ressaltou Olinda Saul.

Foto: Agência Assembleia

Publicidade

Mais uma ex-secretária de Paço do Lumiar declara apoio a Fred Campos

Mais uma ex-integrante da equipe da prefeita de Paço do Lumiar, Paula Azevedo, decidiu declarar apoio a pré-candidatura de Fred Campos à Prefeitura de Paço do Lumiar.

Na noite desta quarta-feira (10), a vice-presidente municipal do PCdoB, Monique Fialho Saulnier Carmona, declarou apoio Fred Campos.

Monique Saulnier ocupou duas pastas na gestão Paula Azevedo, a Secretaria de Ciência e Tecnologia, depois foi titular da Secretaria de Educação de Paço do Lumiar.

O apoio de Monique à pré-candidatura de Fred Campos é mais uma prova que o empresário e advogado segue bastante favorito para vencer as eleições em Paço neste ano de 2024.

Foto: Divulgação

Publicidade

Sampaio Basquete bate o Corinthians e mantém liderança isolada da LBF

O Sampaio Basquete bateu o Corinthians por 58 a 54, em sua décima partida pela Liga de Basquete Feminino (LBF 2024).

O resultado garantiu o Sampaio na liderança isolada com 19 pontos, nove vitórias e apenas uma derrota e o título de campeã simbólico do primeiro turno.

A MVP da partida foi a ala-armadora Cacá, com um duplo-duplo de 27 pontos e 11 rebotes.

O Sampaio Basquete volta a jogar pela LBF 2024 na próxima terça-feira (16), às 19h, diante do São José, no Ginásio Teatrão, em São José dos Campos, no interior de São Paulo.

O Sampaio Basquete tem o patrocinio da Equatorial Energia e do Governo do Maranhão, através da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Beto Miler