Álvaro Pires propõe instituir campanha de valorização da pessoa idosa

O vereador Álvaro Pires (PSDB) apresentou, em sessão da Câmara Municipal de São Luís, o Projeto de Lei nº 286/23, que institui a Campanha Outubro Prateado dedicada a ações de conscientização sobre o envelhecimento humano e combate ao preconceito baseado na idade das pessoas, conhecido como etarismo. O PL foi encaminhado para as comissões de Justiça e Assistência Social na sessão do dia 20 de fevereiro.

Conforme a proposta, anualmente, durante o mês de outubro, o poder público municipal deverá realizar, em cooperação com entidades civis e órgãos e associações das profissões da saúde, ações de conscientização sobre o envelhecimento humano voltadas à promoção da qualidade de vida entre a população idosa, disseminação de informações sobre como evitar ou minimizar os males mais frequentes no avançar da idade, além de promover o combate ao etarismo.

“A campanha tem a finalidade de chamar a atenção da sociedade para um importante tema de saúde pública. No caso, a intenção é dar maior visibilidade ao envelhecimento populacional, que vem acontecendo de modo extremamente acelerado no Brasil, e com isso ampliar as ações para promover o combate ao etarismo, preconceito contra a idade e assegurar os direitos da pessoa idosa”, disse Álvaro Pires.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o último censo (2022) apresentou o maior salto de envelhecimento entre dois censos desde 1940. A população idosa com 60 anos ou mais de idade chegou a 32.113.490, 15,6% da população do país, um aumento de 56,0% em relação a 2010, quando era de 20.590.597 (10,8%). O que confirma o envelhecimento acelerado da população brasileira.

Para se ter um envelhecimento saudável, é essencial que existam políticas públicas adequadas para este público, que promovam o bem-estar, ao mesmo tempo que zelam pelos direitos dos idosos, como é o caso da proposta apresentada pelo vereador Álvaro Pires.

“Acredito que é importante que se reconheça a necessidade de ações educativas e motivacionais que incentivem, entre a população idosa, maior adesão aos hábitos de vida que lhes preservem a saúde física e mental. Também acredito que seja de suma importância a ampliação da rede de suporte social que permitirá que o idoso tenha maior participação na cidadania, fator importantíssimo para a preservação da autonomia e independência de quem envelhece”, frisou.

Campanha

O Outubro Prateado foi desenvolvido pelo Serviço de Geriatria do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo e pela Área Técnica de Saúde do Idoso da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Aos poucos a campanha foi se popularizando e recebendo bastante adesão por todo o país por se tratar de um tema tão relevante, que é o cuidado com a pessoa idosa.

Foto: Leonardo Mendonça

Publicidade

Moto bate o Chapadinha e respira na luta contra o rebaixamento

O Moto garantiu mais um resultado muito importante na luta contra o rebaixamento ao vencer o Chapadinha, por 1 a 0, neste domingo (3), no Estádio Lucídio Frazão, em Chapadinha.

O time rubro-negro teve o atacante Ryan, expulso no fim do primeiro tempo e mesmo com um jogador a menos conseguiu vencer.

O gol da vitória do Moto foi marcado pelo veterano Paulo Rangel, num belo voleio aos 30 minutos do segundo tempo.

O Chapadinha teve a chance de empatar no fim do jogo numa cabeçada de Clayton, mas o goleiro Dejair fez uma defesa milagrosa.

Com o resultado, o Moto subiu para a quinta colocação com 12 pontos ganhos.  O Chapadinha é o sétimo colocado com 8 pontos.

Na próxima rodada, o Moto enfrenta o Tuntum, no domingo (10), às 16h, no Estádio Nhozinho Santos. O Chapadinha só volta a jogar no dia 16, contra o Imperatriz, no Frei Epifânio.

Barra do Corda

O Cordino venceu o Imperatriz, de virada, por 3 a 2, e conquistou a sua primeira vitória na competição, mas permanece na lanterna com 6 pontos.

Foto: Pedro Henrique Pereira

Publicidade

Fapema e Sebrae aoresentam aprovados no edital Inova Amazônia

A Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae) promovem na próxima terça-feira (5) evento de apresentação de projetos aprovados no edital Inova Amazônia – Módulo Tração. Será realizado no SebraeLab a partir das 9h.

Por meio de edital, foram selecionados 20 projetos que receberão recursos para impulsionar ideias inovadoras alinhadas à bioeconomia, que tenham como premissa a atuação direta ou indireta para preservação ou uso sustentável dos recursos da biodiversidade do bioma Amazônia. Cada projeto contemplado vai receber uma Bolsa Sócio Empreendedor (BSE), totalizando um investimento de R$ 39 mil.

O edital Inova Amazônia – Módulo Tração é focado em tracionar negócios em operação. Os negócios selecionados e que receberão recursos são aqueles formalizados e em operação. O apoio da Fapema e Sebrae visa fortalecer a operação, induzir o ganho de mercado (tração) e prepará-los para escalabilidade, inclusive no âmbito internacional.

O Inova Amazônia selecionará propostas com potencial de inovação que incorporem novas tecnologias aos setores relacionados à bioeconomia na Amazônia Legal para receberem capacitação, mentoria e participarem de eventos de conexão com o mercado, bem como para receber bolsa de estímulo à inovação.

Durante seis meses, os empreendedores participarão de capacitações coletivas, mentorias individuais e atividades com fins à formação de redes de contatos e conexões com o mercado. Esta etapa é destinada ao fortalecimento dos negócios e preparação para receberem investimentos, induzindo à produção em escala, inclusive, em âmbito internacional.

“O programa Inova Amazônia é uma oportunidade destes empreendimentos trabalharem o desenvolvimento econômico aliado à preservação ambiental na Amazônia. Esta etapa marca uma importante fase na concretização destas ideias inovadoras”, avaliou o presidente da Fapema, Nordman Wall. Segundo ele, a parceria com o Sebrae estimula e fortalece o ecossistema empreendedor e a bioeconomia, uma via estratégica para o desenvolvimento sustentável na Amazônia.

O diretor técnico do Sebrae, Mauro Borralho, destacou a relevância da parceria na promoção do empreendedorismo e na criação de condições favoráveis para que ideias inovadoras possam prosperar. Ele enfatizou a importância de investir em projetos que contribuam para a conservação da biodiversidade amazônica, sublinhando “o compromisso do Sebrae em apoiar o desenvolvimento sustentável, por meio da inovação, fomentando, ainda, o surgimento de negócios de base inovadora e tecnológica no Maranhão, condição importante para o desenvolvimento do nosso estado”, ressaltou.

Participam da chamada Inova Amazônia, projetos dos estados que compõem a Amazônia Legal: Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e Maranhão. São ideias das áreas de alimentos, agricultura, aquicultura e pesca, bebidas, biocombustíveis, bioenergia, bioplásticos, biotecnologia e embalagens, casa e construção, ecodesign, ecoturismo, farmoquímico e farmacêutico, fitoterápicos e nutracêuticos, florestas, higiene, perfumaria e cosméticos, indústria têxtil e moda, química e novos materiais, tecnologia da informação e logística, aplicadas aos segmentos da bioeconomia.

A parceria entre a Fapema e o Sebrae no programa Inova Amazônia é reflexo de um esforço conjunto do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Apoio à Pesquisa para impulsionar a inovação sustentável e evidencia o compromisso dessas instituições em promover o desenvolvimento equilibrado na região, alinhado com a preservação da biodiversidade amazônica.

Foto: Divulgação

Publicidade

Sampaio Basquete finaliza preparação para a estréia na LBF 2024

O Sampaio Basquete finaliza, amanhã (4), a preparação para o início da temporada na Liga de Basquete Feminino (LBF 2024) que acontece na terça-feira (5).

A primeira partida será contra Sodiê/Mesquita Rio de Janeiro, às 19h30, no ginásio Costa Rodrigues, em São Luís, com transmissão pela Rádio Mirante AM e portal Imirante.

Será o início da caminhada m busca do tetracampeonato da LBF com a nova equipe do Sampaio Basquete, sob o comando do técnico Bruno Guidorizzi.

A expectativa de ginásio lotado no Costa Rodrigues. O ingresso pode ser trocado por 1 Kg de alimento não percível.

O Sampaio Basquete tem o apoio da Equatorial Energia e do Governo do Maranhão, através da Lei de Incentivo ao Esporte e a Via Mundo.

Foto: João Marcus

Publicidade

Bira e equipe da SAF visitam projeto Nosso Cacau em Paço do Lumiar

A Secretaria de Agricultura Familiar (SAF) realizou uma visita institucional, na última quinta-feira (29), ao projeto Nosso Cacau, situado no Maioba Pindoba, em Paço do Lumiar/MA. A comitiva, liderada pelo secretário Bira do Pindaré, contou com a presença dos adjuntos Ricarte Almeida (Organização da Produção), Joaquim Queiroz (Política Interna e Orçamento), Marileide Costa (Biodiversidade, Povos e Comunidades Tradicionais), além da equipe técnica.

O objetivo da visita foi explorar as áreas de produção de cacau orgânico em sistema agroflorestal, compreendendo os detalhes e desafios do projeto para verificar de que forma poderá colaborar na ampliação das atividades feitas pelos agricultores familiares contemplados pela iniciativa.

O secretário Bira do Pindaré destacou a importância do projeto. “Hoje, a gente veio conhecer o projeto exitoso chamado Nosso Cacau que está plantando e colhendo cacau e transformando em chocolate aqui mesmo no Maranhão. Viemos conhecer essa experiência para que ela possa se expandir para todo o Estado. A SAF tem esse compromisso. O governador Carlos Brandão tem esse compromisso e nós estamos juntos para construir um caminho que ofereça possibilidades de preservação ambiental e ao mesmo tempo geração de trabalho e renda. Essa é uma estratégia que tem dado certo e é fundamental para gente preservar nossas florestas e fazer delas uma riqueza permanente para a nossa população”, afirmou.

Fernanda Lisboa, proprietária da Chocolates Tapuio, também expressou seu entusiasmo com o projeto. “Venho aqui apresentar esse projeto que foi escrito e abraçado pelo tripé Eneva com os agricultores do Polo Hortcanaã. Juntos, estamos aqui colhendo os frutos e resultados desse projeto lindo em que a Tapuio tem como responsabilidade a compra total dos insumos desse projeto, garantindo para os agricultores o retorno financeiro daquilo que foi investido”, pontuou.

A qualidade dos produtos também foi ressaltada por Fernanda Lisboa: “Não é um produto qualquer. É um produto de origem 100% maranhense, que valoriza toda cadeia produtiva e, principalmente, o consumidor final, porque a gente trabalha com produtos sem aditivos, sem emulsificantes, aromatizantes artificiais. Então a gente trabalha com produto de alta qualidade. Quando a gente tem um projeto como esse que tem de uma ponta a outra sendo valorizado, todo mundo sai ganhando, e a gente vê o sucesso de um projeto como este que nos enche de orgulho e amor”, concluiu.

Raimundo Ivaldo, representante dos projetos da Associação dos Agricultores e Agricultoras Familiares do Polo Hortcanaã, ressaltou a importância da diversificação de plantas. “Inclusive, nós entramos neste projeto para agregar mais valor para as 25 famílias que estão aqui ativas dentro do espaço. O projeto Nosso Cacau chegou em boa hora. Já está avançando em duas áreas de agricultores para com frutos e extração da semente fazer o chocolate. Para nós é uma satisfação muito grande porque recebemos a visita do secretário Bira que esteve aqui conosco e viu todo projeto”, disse.

“O projeto representa pra mim mais uma agregação de valor. O pequeno agricultor precisa ter uma diversidade de plantas e cultivos para ter condições de participar de eventos e programas sociais, além de gerar mais emprego e renda para as nossas famílias”, completou.

Projeto Nosso Cacau: um sucesso sustentável

Iniciado em 2009 como uma alternativa de geração de emprego e renda para agricultores familiares da comunidade reassentada, o Projeto Nosso Cacau evoluiu para a produção de cacau orgânico em 2021. Com aproximadamente 60 hectares de terra, o Polo Agrícola Hortcanaã comercializa seus alimentos em feiras locais, escolas públicas e por meio de Programas de Políticas Públicas.

O projeto recebeu mudas da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) e, em parceria com a Chocolates Tapuio, iniciou a produção de chocolate em 2023. Em reconhecimento à iniciativa pioneira no estado, recebeu o Troféu Babaçu, na 1ª Feira Estadual de Agricultura Familiar (Femaf).

Mantido pela parceria entre Eneva, Chocolates Tapuio e agricultores, o projeto promove a sustentabilidade, destacando-se pela produção orgânica e participação ativa em programas governamentais. A integração entre os três parceiros demonstra um comprometimento com o desenvolvimento sustentável, proporcionando benefícios ambientais e socioeconômicos.

Publicidade

MP acionar o prefeito por burlar licitação para compra de peixes

O Ministério Público do Maranhão ajuizou, Ação Civil Pública por improbidade administrativa contra o prefeito de Alcântara, Nivaldo Araújo de Jesus, por irregularidades na contratação da empresa F DE L Sousa para fornecimento de pescado a famílias carentes do Município durante a Semana Santa.

De acordo com a denúncia de vereadores de Alcântara, a prefeitura, alegando que parte dos peixes estava imprópria para consumo, decidiu suspender a distribuição, o que gerou grande frustração junto à população.

Para o promotor de justiça Raimundo Nonato Leite Filho, a improbidade administrativa, neste caso, pode ser caracterizada tanto pela lesão ao erário, decorrente do prejuízo causado pela aquisição de produtos impróprios para o consumo, quanto pela violação aos princípios administrativos, especialmente diante da falta de esclarecimento pelo gestor sobre o processo de aquisição e a origem do pescado.

Na ação, considerando os atos que atentam contra os princípios da Administração Pública, foi requerida a condenação do prefeito, com base na Lei de Improbidade Administrativa, ao ressarcimento integral do dano, uma vez comprovado que a sua conduta causou prejuízo ao erário; ao pagamento de multa civil, em valor a ser arbitrado pela justiça, como forma de punição pela conduta ímproba e desestímulo a futuras práticas similares.

Também foi solicitada a suspensão dos direitos políticos de Nivaldo de Jesus, bem como a perda da função pública e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo determinado por este juízo.

Os fatos

Depois da denúncia formulada pelos vereadores Dyna Silva Barbosa, Lázaro Amorim e Robson Corvelo, o prefeito e a empresa foram notificados pela Promotoria de Alcântara para prestarem esclarecimentos sobre os fatos narrados. Nas respostas, os notificados apresentaram versões contraditórias.

A empresa, que firmou contrato com o Município em 2023 após ganhar licitação para o fornecimento do pescado na Semana Santa, esclareceu que não forneceu o objeto licitado porque a administração municipal não formalizou o pedido.

Já o Município afirmou que emitiu ordem de 3.200 kg de peixe, do tipo tambaqui, para a empresa F DE L SOUSA, totalizando o valor de R$ 47.520,00. Acrescentou que recebeu os peixes in natura conforme o contrato, mas após testes de qualidade, uma parte não atendeu aos padrões, razão pela qual optou-se por distribuir apenas os peixes em condições adequadas para consumo. A Prefeitura informou, ainda, que não realizou qualquer pagamento à empresa.

Em virtude das contradições, a Promotoria de Alcântara voltou a notificar o Município para se manifestar sobre as alegações da empresa, justificando o motivo de não ter adquirido os peixes da vencedora do certame, bem como para informar a origem, quantidade e o valor pago pelos peixes que seriam distribuídos à população. No entanto, não houve resposta.

“A inércia do requerido diante da solicitação de esclarecimentos acerca da origem do pescado somente agrava a situação, sugerindo uma possível omissão diante de irregularidades ou, na pior das hipóteses, uma conivência com ações que, em última análise, prejudicaram a população que se beneficiaria da distribuição do alimento em um período de grande significado cultural e religioso”, argumentou o membro do Ministério Público.

Segundo Raimundo Nonato Leite Filho, a burla ao processo licitatório ficou configurada no fato de os peixes não terem sido adquiridos da empresa que ganhou o certame, mas sim de fornecedor desconhecido, cuja identidade o prefeito não quis revelar, embora o Ministério Público tenha solicitado essas informações algumas vezes.

Foto: Divulgação

Publicidade

MAC bate o Pinheiro e garante vaga na semifinal do Maranhense

O Maranhão venceu o Pinheiro, por 2 a 0, neste sábado (2), no Estádio Nhozinho Santos, em São Luís, pela 10ª rodada do Campeonato Maranhense.

Os gols do MAC foram marcados pelo zagueiro Maicon, aos 43 minutos do primeiro tempo e o atacante Rafael, aos 46 minutos do segundo tempo.

Com a vitória, o Maranhão lidera a comptição com 25 pontos e garantiu a classificação para asemifinal do Campeonato Maranhense

O Pinheiro tem 9 pontos, na quinta colocação e também luta contra o rebaixamento.

O próximo jogo do Maranhão será contra o Cordino, no domingo (10), às 16h,  no Castelão, as 16 de domingo (10). O Pinheiro enfrenta o Imperatriz, no sábado (9), as 19h30, no Frei Epifânio d’Abadia.

Foto: Iury Oliveira

Publicidade

Sedel anuncia novidades para o JEMs no Fórum de Gestores de Esporte

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), lançou a nova identidade visual, temática, regulamento e anunciou novidades para os Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) 2024, durante a programação do Fórum Estadual de Gestores do Esporte. O evento terminou nesta sexta-feira (1º), com a participação de 111 municípios maranhenses.

O Fórum trouxe discussões importantes e promoveu capacitações para os secretários municipais sobre programas estaduais, como a Lei de Estadual de Incentivo ao Esporte, Bolsa Atleta e o novo programa de qualificação Sedel Capacita.

“Trouxemos esse momento de capacitação e informações para os nossos gestores municipais e também apresentamos as ações da Sedel do ano de 2023 e as novidades que teremos em 2024. Um dos pontos principais foi justamente o JEMs, que este ano terá como tema ‘Viva o Esporte Maranhense’. Lançamos a nova identidade visual e anunciamos o beach soccer como nova modalidade, assim como a capoeira, que terá um espaço especial como modalidade experimental”, disse o secretário de Esporte e Lazer, Naldir Lopes.

O secretário ainda ressaltou todo o investimento que tem sido realizado pelo Governo do Maranhão para levar mais ações esportivas para a população. “Como determinação do governador Carlos Brandão, nosso trabalho tem focado em levar cada vez mais ações, eventos e projetos voltados para a saúde mental e física, além de bem-estar e lazer para os maranhenses. Para isso, temos buscado esses momentos de diálogo com os municípios, federações, entidades, assim como toda classe esportiva do estado”, finalizou Naldir.


Já o secretário municipal de Esportes de Colinas, Wanderley Alves de Freitas, chamou atenção para as informações e discussões promovidas durante o encontro.”Esse fórum é de extrema importância para o esporte educacional do Maranhão, é um momento de aprendizado e de fortalecimento e com isso todos os municípios ganham. Vemos aqui toda a sensibilidade do Governo do Estado, mostrando de fato que tem compromisso com o esporte no estado”, disse.

Além das capacitações sobre as ações do estado, a Sedel, através de uma parceria com o Ministério do Esporte e a Secretaria Nacional de Esporte Amador, Educação, Lazer e Inclusão Social, promoveu uma videoconferência para informar e tirar as principais dúvidas dos secretários municipais sobre os programas federais, Bolsa Atleta, Segundo Tempo e Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

O secretário nacional do Ministério do Esporte, Paulo Henrique Perna Cordeiro, destacou a parceria com a Sedel e a importância de expandir as ações da pasta para o Maranhão. “Em nome do ministro André Fufuca, faço uma saudação especial a todos os secretários e secretárias presentes no Fórum de Gestores do Esporte e reafirmo que estamos de portas abertas para o esporte maranhense, já que uma das nossas principais metas é buscar a democratização do acesso ao esporte em todo país e especialmente no Maranhão”, afirmou.

Foto: Divulgação

Publicidade

Gestão de Hilton Gonçalo tem quase 90% de aprovação em Santa Rita

Um fato raro no país é registrado em Santa Rita, o prefeito acumula quase 90% de aprovação em seu último ano de gestão. É assim que Dr Hilton Gonçalo vai finalizar o seu quarto mandato do executivo municipal.

Eleito pela primeira vez em 2004, Hilton exerceu a função de prefeito em Santa Rita entre 2005 e 2012. Após apelo popular, ele retornou em 2017, concluindo agora em 2024 seu quarto mandato.

O natural é o político acumular desgaste e terminar o mandato com baixa aprovação, mas em Santa Rita, Hilton Gonçalo terminará em alta, mais uma vez, o que leva ao entendimento que ele elegerá com tranquilidade seu sucessor – Dr Milton Gonçalo – assim como fez em 2012.

De acordo com os números da pesquisa Inop, Hilton acumula 87,42% de aprovação. Apenas 12,25% não aprovam e apenas 0,33% não soube opinar. Os dados foram coletados no fim do mês de janeiro na sede e zona rural de Santa Rita.

A expressiva aprovação de Hilton Gonçalo é resultado de diversas ações em prol do povo de Santa Rita.

A Prefeitura diminuiu para quase 0% o déficit habitacional com a construção de moradias, garantiu alta presença escolar com investimentos em estrutura, qualificação de professores e reforço na merenda escolar.

Na Saúde, Hilton construiu um novo hospital municipal de urgência com atendimento de diversas especialidades e realização de exames, que antes a população só fazia em São Luís.

No campo econômico, Hilton Gonçalo desenvolveu o maior programa de geração de renda da história do município. Santa Rita deixou de ser a “Terra da Farinha” para ser a “Terra de Oportunidades” com a produção de mel, polpa de frutas, incentivo a piscicultura, exportação da mandioca para produção de cerveja etc.

Hilton deixará mais uma vez Santa Rita melhor do que recebeu…

Foto: Divulgação

Publicidade

Chapa liderada por Paulo Ziulkoski e Ivo Rezende vence eleição na CNM

A eleição da chapa 01 “CNM Independente” liderada pelo atual presidente, Paulo Ziulkoski, e pelo presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), prefeito de São Mateus, Ivo Rezende, para a vice-presidência da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), ocorreu nesta sexta-feira (01), e trouxe novos rumos ao cenário político municipalista. Essa vitória representa não apenas a continuidade de uma gestão experiente, mas também a ascensão de uma nova liderança no cenário municipalista nacional.

Paulo Ziulkoski, que buscava a reeleição, é reconhecido por sua longa trajetória à frente da CNM e seu compromisso inabalável com os interesses dos municípios brasileiros. Sua gestão tem sido marcada por uma defesa incansável das demandas municipais, buscando fortalecer o municipalismo e promover políticas públicas que atendam às necessidades das comunidades locais.

Por sua vez, Ivo Rezende emergiu como uma nova liderança no cenário municipalista, trazendo consigo a representatividade dos municípios maranhenses e o apoio de gestores de todo o país. Sua eleição para a vice-presidência da CNM promete ampliar o diálogo entre os municípios e as esferas governamentais, buscando soluções efetivas para os desafios enfrentados pelas administrações locais.

A disputa eleitoral na CNM refletiu a importância do municipalismo na agenda política nacional e a necessidade de uma liderança forte e comprometida com os interesses dos municípios brasileiros. Tanto Paulo Ziulkoski quanto Ivo Rezende apresentaram propostas e visões distintas para a gestão da entidade, oferecendo aos gestores municipais a oportunidade de escolherem o rumo que melhor representasse suas aspirações e necessidades.

A eleição para a nova diretoria da CNM foi acirrada, com os candidatos mobilizando apoio e articulando alianças em busca da vitória. No entanto, independente do resultado, o importante é que a entidade permaneça como um espaço de representação legítima dos municípios brasileiros, contribuindo para o fortalecimento do pacto federativo e o desenvolvimento local em todo o país.

A votação ocorreu de forma online no site da CNM, durante toda a sexta-feira (01), das 8h às 17h, garantindo 2.088 votos para a chapa vencedora. Agora, com a eleição concluída, os gestores municipais aguardam com expectativa os próximos passos da nova diretoria, confiantes no compromisso com a causa municipalista.

Foto: Divulgação